09/02/2018

Vêm gerações, vão-se gerações,
A Terra gira em volta do Sol,
E o Sol aparece e desaparece;
O Sol se levanta, o Sol se põe.

Mas a maioria dos homens continua
Com seus sorrisos falsos
Que não inspiram confiança,
Não trazem harmonia,
Nem expressam amor.

Que época é esta,
Trevosa e fria?
Só vejo gente apressada,
De rostos vazios.

Será que se esqueceram 
Dos horizontes imensos,
Dos sorrisos sinceros,
Das palavras amorosas?



Fonte: livro - O Homem de aquário
                    Sri Maha Krishna Swami

26/01/2018

Na hora da vingança, ame.
Na hora da tristeza, sorria.
Na hora de gritar, faça silêncio.
E na hora de viver, nasça para a vida eterna.
Na hora do medo, seja corajoso.
Na hora da incerteza, use a auto-segurança.
Na hora dos apegos, doe.
E na hora de doar, desapegue-se





Fonte: livreto - Palavras de Sabedoria
                       Maha Krishna Swami

22/12/2017

A todos instante 
Nasce Jesus no coração de cada ser,
No lado direito do peito.

Ele é a Luz,
A Consciência absoluta que vem à tona.
A Força Suprema que se reflete 
Em todos os seres do universo.

Ele é o Supremo Ser,
Que com sua força infinita
Vem iluminar o mundo
Nesta época de inconsciência espiritual,
Para que todos recobrem a consciência do divino,
Para que todos possam integrar-se 
Na vida do Cristo de todos os tempos, 
Na Luz infinita da Verdade Suprema,
Na força absoluta do Ser,
Na força de todos os Mestres.

Ele é o Cristo dos oprimidos,
Dos que têm fome e sede de justiça,
Dos que sofrem perseguições,
Dos esgotados pelos ciclos de sofrimentos.
O Cristo dos mansos de coração,
O Cristo dos sábios e dos ignorantes,
O Cristo dos conscientes e dos inconscientes.

Ele é o Cristo das esperanças,
O Cristo dos simples,
Dos Justos,
Dos compassivos,
Dos limpos de coração.
O Cristo dos pacificadores,
O Cristo da justiça divina.

Ele é o Cristo das crianças,
Da felicidade perfeita,
Do amor divino,
Dos Maha Devas.
O Cristo que nasce nas estrebarias,
O Cristo da humilde carpintaria,
O Cristo de José e Maria.

Ele é o Cristo das semeaduras e das colheitas,
O Cristo do Reino Supremo,
Do caminho direto,
Da intuição pura.
O Cristo da meditação iniciática,
Da devoção que enternece,
Do pão que nutre e sacia.

Ele é o Cristo dos que resplandece como o Sol,
O Cristo dos apóstolos,
Dos bem-aventuranças.
O Cristo dos pescadores,
Do mar profundo,
O Cristo das ovelhas
E dos pastores.

Ele é o Cristo de João Batista,
De São Francisco.
O Cristo vivo de Simão Pedro,
O Cristo da Comunidade Perfeita.
O Cristo Cósmico,
Dos Maha Yogues,
O Cristo da Luz, do Caminho, da Verdade Suprema.



 Fonte: livro - SER
                       Sri Maha Krishna Swami.






08/12/2017

Ai daqueles que deixam de lado os que precisam de ajuda espiritual, que deixam de lado o direito dos pobres, que assaltam as casas das viúvas e roubam daqueles sem pai, porque tudo passará e as Mãos da Justiça Divina descerão sobre eles! Isto é o julgamento segundo as Leis Supremas.




Fonte: livro - Verdade Suprema
                       Sri Maha Krishna Swami

26/11/2017

O FALSO AMOR

A maioria dos homens vive
Entre a incoerência 
E a perdição,
 Cansados de existirem,
Presos pelo instinto
Das más qualidades.

Afundaram-se
Nas últimas indecências,
No fogo da paixão a redimir.
E o karma dos ciclos mal vividos
Forma-se igual ao bolor.

De sues olhos 
Todo mal é refletido
Entranhando-se vagarosamente
No sofrimento a resgatar.

O falso amor
Preenche-se de mal
E espalha seus subfrutos
Pelo mundo.


Fonte - livro: Maha Gita purusham do Bem-aventurado
                       Sri Maha Krishna Swami

04/11/2017

Lembrem que não cai uma folha da árvore e nem um cabelo de suas cabeças que não seja pela Vontade Divina. Por isso afirmo que a essência divina que alimenta as aves e tudo o que vive é a mesma que se reflete nos seres humanos. Ela jamais os abandonará se tiverem a autossegurança  e a certeza de que não há separação entre nós e a essência.






Fonte - livreto - Palavras de Sabedoria
                          Sri Maha Krishna Swami

15/10/2017

"... Todo homem é dotado de faculdade para discernir sobre suas más ou boas ações. Portanto, ele é responsável pelo seu destino e deve fazer com que os ideias da vida em comunhão com o Divino destruam tudo o que é de natureza negativa..."



Fonte: livreto - Palavras de Sabedoria 
                         Sri Maha Krishna Swami

29/09/2017

O esquecimento do eterno presente

O planeta Terra é um lugar de purificação para a maior parte da humanidade que o habita, porém ele está povoado de inconscientes que fazem tudo oposto às leis divinas. O mundo é bom assim como está, mas como os homens agem só através do ego e da mente pensante, semeiam a desarmonia, a malícia e a perversidade. Com isso preparam maus dias para si mesmos no planeta Terra. Eles recolherão o mal que semeiam. 

Os homens passam a maior parte do tempo querendo imaginar o porvir, lembrando passados que nunca existiram, ansiando pelo amanhã que nunca chega, esquecendo o eterno presente. E assim é que se autoenganam durante ciclos imensos. Muitos falam da Verdade que eles mesmos não vivem e não respeitam quem a segue. Milhares e milhares já mataram e morreram em defesa de verdades que não são e que nada têm a ver com a Verdade Suprema. A falsa verdade que professam não merece nenhuma consideração, porque aquilo que honram publicamente renegam em seu íntimo.

Só existe uma opção para a humanidade da Terra poder libertar-se da inconsciência espiritual: seguir o caminho da Verdade Suprema. É preciso desfazer o erro inicial, que é a mente pensante, para que tudo seja visto claramente. É preciso repelir o tenebroso labirinto dos dogmas e fazer resplandecer o amor supremo. É preciso conhecer os princípios da Fraternidade Universal. Só assim é possível à humanidade terrena libertar-se das densas trevas que a encobrem porque a eternidade do amor supremo torna impossível a eternidade do sofrimento. Além disso, a justiça divina somente será honrada em todos seus aspectos quando os homens forem capazes de compreendê-la e senti-la. A justiça é o amor, e o amor é a plenitude divina.



Fonte: livro - Ser
                       Sri Maha Krishna Swami

20/08/2017

A Vida permanece

Não importa se agora 
Você me amassa com seus pés.
Porque virá com certeza
O dia em que a Justiça Divina
Caminhará sobre você,
Pisará seu corpo
E julgará seu espírito.

A verdadeira felicidade está na extinção de todas as emoções. A apreensão está onde está a emoção. Onde há emoção, há sofrimento.

O homem é o criador de seu próprio destino e mesmo em sua vida fetal é afetado também pela dinâmica da sua existência anterior. Seja confinado ao reduto de uma montanha, adormecido na profundeza do mar, seguro nos braços de sua mãe ou erguido acima de sua cabeça, o homem não pode fugir aos efeitos de suas próprias ações anteriores.

Esse corpo humano guarda um ego que nada é senão, efetivamente, um artifício. São as obras do ego numa existência anterior que determina a natureza de seu organismo na vida seguinte, assim como o caráter das enfermidades quer físicas, quer mentais, que recairão sobre seus ombros. 

O homem colhe no tempo devido, seja na infância, seja na juventude ou velhice, o que semeou  em seu nascimento anterior.

Por que apegar-se ao corpo se ele é como a espuma do mar que se movimenta na superfície da água? Quando o vento sopra ela desaparece como se nunca tivesse existido. Assim é como o corpo físico e seus apegos quando a vida escapa dele. A vida é real, por isso ela continua a viver apesar da morte do corpo. A vida é ligada à eternidade, enquanto o corpo é ligado ao mundo ilusório. A vida jamais teve começo no ventre, como muitos afirmam, nem termina na sepultura. Quem termina na sepultura é a morte, e não a vida.

Os olhos dos homens do mundo manifestado não se fartam de ver, nem os ouvidos de ouvir.
O que foi visto será visto outra vez; o que foi feito será feito outra vez, pois nada de novo há para dizer, nada há de novo no mundo da dualidade, nada há que se possa fazer no mundo dual. Já é assim há muito tempo. Já era assim antes de nós. E continuará sendo dessa maneira até que o homem quebre a ilusão da dualidade.




Fonte: livro - O Círculo de Luz
                       Sri Maha Krishna Swami




12/08/2017

"... Ai daqueles que escrevem as Leis Supremas e transgridem-nas, que vivem na vaidade, na luxúria, que se corrompem fazendo o mal, que não têm a visão reta, o bom discernimento, pois são rebeldes e mentirosos.

Ai daqueles que constroem casas sobre casas até que não haja nenhum lugar onde o homem possa ficar só no meio desta Terra.

Ai daqueles que não mantêm as leis sagradas, que atraem o mal e não fazem o bem, que deixam de lado os que precisam de ajuda espirituais.

Ai daqueles que se julgam poderosos, pois a Lei Suprema virá e ajuntará todos eles como prisioneiros e os levará embora, pois estão cheios de podridão e sujeira. Aqueles que se autolouvam e levantam monumentos a si mesmos serão levados para baixo. Aqueles que são vaidosos serão humilhados.

Ai daqueles que matam os rios e semeiam desarmonia no céu e na terra, onde os peixes se deterioram e os pássaros explodem em sangue e pólvora. 

Ai daqueles que desfiguram a paisagem, semeadores de desertos, inconscientes perigosos, destruidores de ninhos, torturadores de plantas.

Ai daqueles que destroem tudo o que vive, que vomitam fumaça negra e arrebatam aos seres da Terra o direito ao ar puro, à água cristalina e ao silêncio... "



Fonte: livro - O consolador
                        Sri Maha Krishna Swami