13/12/2009

JESSUS, O SUBLIME AVATAR





Quando o próprio homem descobrir o seu poder interno, fará através desse poder pararem as guerras, a fome e as catástrofes. O homem mais se aproxima da Verdade Suprema, da Essência Crística Universal à medida que se liberta das crenças. O mais importante não reside nas crenças que o homem possa ter, mas no seu comportamento ativo pois "a cada um será dado conforme as suas obras e não de acordo com as suas crenças". Não há milagres nem subterfúgios da parte do Ser Universal, pois não há graça imerecida nem privilégios divinos. A importância da vida espiritual é para despertar e desenvolver em si mesmo as qualidades divinas.

Conforme for a ação de cada pessoa, assim será o seu mundo. Se sua ação for reta, seu mundo será claro e sem dor, mas se as ações forem obscuras e incertas, o mundo será igualmente confuso e cheio de dúvidas.

Não suportando sua própria insensatez, o homem procura aliviar-se nas críticas e julgamentos condenando ou censurando constantemente seus semelhantes. Cada julgamento é um novo sofrimento tanto para quem julga, como para quem é julgado.É necessário não julgar pessoa alguma. Aí o caminho será reto e suave, pois na amplidão da Lei Cósmica cada dia é um dia de juízo, conforme a ação de cada um.

Se a ação for constante e paciente, o mundo também será constante e paciente. Então, do coração transbordará a Paz Suprema. Inconstantes na ação, o mundo parecerá passageiro e cheio de mistérios.

Se a ação for una, todos os seres de todos os reinos serão uno com um mundo harmonioso; mas se a ação for múltipla, cada um estará em constante guerra consigo mesmo e com todas as outras criaturas.

Se a ação for firme não haverá forças em cima ou embaixo que possa desviar o homem para a direita ou para a esquerda; mas se ela for instável, o mundo também será instável, como uma folha num redemoinho de vento. Áspera então é a estrada para o homem que a si mesmo impôs a sobregarga.

Deve-se, porém, aceitar a desventura como se fosse ventura pois, quando se reconhece a ação negativa, ela se transforma em meio de aprendizagem. por outro lado, a ventura mal compreendida muito breve se transforma em desventura e o homem cai em erro.

Que o homem não queira obter de nenhum ser um bem que, para este, se reflita em dor, porque esse mesmo bem doerá mais que a dor. Nunca se deve querer algo de bom para si próprio que seja mau para outro, pois se alguém assim agir estará também atraindo para si o mal. Aceitar o que não se sabe talvez permita que se venha a conhecer, mas quando o homem se volta contra o que ignora, passa a ter em si uma força negativa.

O Ser Supremo se reflete em toda manifestação, e assim a vida, em qualquer escala, se baseia nessa Essência Divina. Como pode, então,o homem, que é divino em essência, querer matar alguma coisa? A crueldade que há no mundo não tem razão de ser. Quando homem aprender que ao causar dano a qualquer ser vivente estará destruindo a si próprio, seguramente não matará, nem permitirá que ninguém sofra a menor dor.

Com tanta coisa para se conhecer e amar, torna-se ridículo que o homem encontre tempo na sua vida para que os sonhos vãos e pensamentos fúteis nele façam ninhos. É o ego que tenta impedir que o homem se conheça a si mesmo e viva de acordo com as leis naturais da evolução. Aquele que no ego acredita é cego, porque seus olhos estão encobertos por um grande número de véus da ignorância. Cada coisa sobre a qual ele lança o seu olhar já é um véu, Seus lábios estão selados com muitas mentiras. Cada palavra que pronuncia já é uma mentira.

Todas as coisas manifestadas, sejam quais forem as suas formas e espécies, são apenas véus e ataduras que envolvem a verdadeira vida. Assim sendo, os olhos do ego que são em si mesmos um grande véu, não poderão levar ninguém à Realidade; os lábios do ego, que são em si mesmos uma mentira, não poderão levar ninguém à Verdade.

Para se aniquilar os véus da ignorância, é necessário ser consciente e para isso é preciso a Força Silenciosa do Ser Supremo.

Vendo com o ego nada se vê, senão o próprio ego. Falando com ego nada mais se pronuncia, senão o próprio ego.

Portanto, se o mundo parece ser um enigma indecifrável ou uma deplorável confusão, é porque o ego assim o vê, porque ele próprio é uma confusão indecifrável. Se ao homem parece que lhe falam asperamente, é preciso que ele atente para a sua própria língua. A Verdade é sempre suave. Ela apenas é dura para aquele que tem ouvido enrijecido pelo ego. Se as coisas lhe parecem feias, que atente para seus próprios olhos, Talvez a feiura esteja ali e não na coisa vista.






Verdade Suprema
Sri Maha Krishna Swami

07/12/2009

SRI MAHA KRISHNA SWAMI


O Mestre Sri Maha Krishna Swami nasceu na Índia em 1935, e desde muito pequeno
teve
como único interesse a autopesquisa: descobrir, ampliar e se estender até o Ser
Universal.
Por sugestão de Mahatma Gandhi foi levado à presença de Bhagavan Sri Ramana, o
sábio
de Arunachala, e dele recebeu a Sagrada Iniciação.

Durante o período em que permaneceu com Ramana, Sri Maha Krishna Swami absorveu
tudo o que a Força Silenciosa desse Sad Guru lhe transmitia através da Sagrada
Upadesa.
Aprendeu como controlar a mente e, como conseqüência, controlar o corpo e os
sentidos.
Através da prática da meditação profunda tomou consciência do Ser Universal,
que é a
própria essência do homem.

Passados alguns anos, surgiu a necessidade de viajar para o Ocidente, e
Bhagavan Sri
Ramana disse-lhe: "No Ocidente ensinarás o Caminho Direto da Auto-realização
Espiritual
a todos. Não divulgues a mim, mas sim a Verdade Suprema".

Após viajar por vários países, Sri Maha Krishna Swami estabeleceu-se no Brasil.
Juntamente com Sutra Maha Devi, fundaram o Sri Ramanashram Brasil, onde
orientam seus
discípulos no Caminho Direto da Auto-Realização Espiritual, através das
práticas da Maha
Yoga.

Sri Maha Krishna Swami veio estabelecer o caminho direto da auto-investigação,
que se
faz tão necessário nesta época de densas trevas espirituais. Não veio para
fundar uma
nova religião, seita ou filosofia, pois esta não é a solução. O Caminho que
aponta reúne
todas as partes aparentemente divergentes entre os seres e o Divino, forjando a
Unidade
Indivisível que sempre fomos em essência.

Sri Maha Krishna Swami é também um consagrado autor de uma vasta coleção de
obras
conceituadas, inclusive traduzidas em outras línguas.






*
o

06/12/2009

A INCONSCIÊNCIA DOS HOMENS



Através dos séculos, a maioria das pessoas têm sido programadas pelos falsos valores sociais que incentivam o egoísmo, os vícios, as competições, que exaltam o ego e humilha o semelhante, transformando até mesmo a caridade em motivo de ostentação e orgulho. Esses valores distorcidos geram o total desconhecimento da Verdade Suprema. É por isso que se vê o homem tratando com indiferença seu próprio semelhante. Nesse estado de desregramento ele consegue aniquilar um número incalculável de espécies de seres, consegue poluir o planeta inteiro, causando danos irreparáveis. Fabrica armas capaz de destruir o mundo todo, mostrando assim a falta de amor e a irreverência às leis divinas.

Esta humanidade deixou-se contaminar pelo vírus da autodestroição, indo contra todos os princípios divinos. Os valores estão todos invertidos. O que parece civilizado já não o é. O homem ataca e expulsa os seres que ele imagina serem primitivos. Ele ataca, destrói e diz civilizado. Se o mundo vive momentos difíceis, são os homens mesmos que sofrem as consquências, pois foram eles que semearam a desarmonia, a destruição. Tudo aquilo que provocaram está agora recaindo sobre eles mesmos.

Guiados por ideias preestabelecidas, os homens organizam suas vidas baseando-se somente em bens materias. Deixam-se hipnotizar pelo mundo ilusório, não utilizam o discernimento, a intuição pura, que fazem parte do seu estado natural, e tornam-se inconscientes dessas virtudes. Aqueles que assim vivem afirmam existirem muitas verdades. Cuidado com essa blasfêmia. A Verdade é una. Quem tenta adaptar a Verdade Absoluta a seus interesse pessoais criando para si uma verdade particular é mentiroso e usurpador.





O Consolador
Sri Maha Krisha Swami

22/11/2009

A DANÇA DO SHIVA e os falsos personagens


Que a Paz esteja com todos vocês nesse eterno presente. Não há passado nem futuro. Só o eterno presente é. O passado e futuro são invenções dos homens da Terra, mas aquilo que é do Ser é eterno e presente.

É a mente, os sentidos e o corpo que nos impedem de sentir a verdade do eterno presente que é o que realmente somos.

Parecem existir cinco personagens aparentes, ou ainda mais. A mente pensante, o ego profano, os sentidos, a personalidade e o intelecto, e ainda a gratificação de cada um desses falsos personagens.
Vejam quantos personagens falsos da Terra vocês cultuam há centenas e milhares de anos. Eles conduzem ao sofrimento também por milhares de anos, porque eles prendem vocês. Apresentam-se como sendo a realidade quando, na verdade, são irreais.

Devemos eliminar o mal pela raiz atacando, com a Meditação e a sublime Devoção, a mente pensante e todas as suas expressões grotescas. Tudo o que apontei anteriormente, como sendo personagens a que nós damos vida, são filhos da mente. Toda e qualquer gratificação a qualquer desses personagens conduz a pessoa ao sofrimento e ao desespero por ciclos intermináveis. A mente nos faz, muitas vezes, programar coisas, o ego as afirma, e logo queremos concretizá-las. Mas, o que acontece?
Na verdade nós não somos donos do corpo. Não somos donos nem do chão em que pisamos. Não somos donos das casas, de nada. Tudo é emprestado. O planeta em que nós habitamos é emprestado. O corpo que têm é emprestado, por isso, um dia, terão que deixa-lo, bem como todas as coisas que cultuaram falsamente. Quando vocês programam alguma coisa e ela não se concretiza, automaticamente aparece o sofrimento. Muitas vezes as coisas que programamos não se concretizam porque cada um de nós tem uma predestinação, um karma ou um dever a realizar e então não adianta querer programar uma coisa quando, na realidade, é para se fazer outra.



Verdade Suprema
Sri Maha Krishna Swami.

15/11/2009

PALAVRAS DE SABEDORIA



Liberte-se. Afaste-se da miragem, da ilusão. Neutralize os falsos personagens. Levante a espada da Vontade Divina. Faça emergir a Luz da Verdade Suprema. Limpe sua morada. Sacuda a poeira da ilusão. Acalme a mente pensante, os sentidos, as sensações e, em meditação silenciosa, sem o ruído dos pensamentos, será um com o Divino Ser.




Palavras de Sabedoria
Sri Maha Krishna Swami.

04/11/2009

JESUS, O SUBLIME AVATAR



Jesus é o avatar eleito porque oferece amor e renuncia para a Missão de ajudar a libertar o homem dos laços materiais. Teve como objetivo acelerar o ritmo de evolução espiritual da humanidade.

Jesus é a expressão do Amor Universal. Só o seu Amor poderia amansar as paixões humanas e harmonizar os seres para encontrarem seus caminhos.

Ele é o portador da Verdade Crística e trouxe à Terra a Paz. Sabia da inutilidade das leis humanas e doutrinas religiosas no mundo que tentassem disciplinar a conduta humana, pois elas não educam o coração do homem. O ser humano, que vive hipnotizado por cosas materiais e ilusórias, inconsciente de sua verdadeira identidade, precisa de um ponto de apoio para sentir a essência da Criação e da existência do Supremo Ser refletido em tudo o que existe. Sem uma ideia nítida da finalidade da existência, o homem se perderia dominado por suas próprias paixões inferiores.

Os ensinamentos de Jesus são entendíveis em qualquer época e em qualquer latitude da vida humana, pois expressam a Sabedoria Universal. Estão repletos de comparações simples e sempre ligadas à vida comum dos seres. Atravessaram séculos e transformaram-se numa forma de Conhecimento Supremo para a evolução da humanidade.



Verdade Suprema
Sri Maha Krishna Swami.

25/10/2009

O CAMINHO DA NÃO DUALIDADE


Sábio é aquele que realiza o Ser Supremo. Nele não há distinção entre o conhecedor, o ato de conhecer e o objeto conhecido. Está fora do alcance da mente e das palavras. O Ser realizado é ilimitado, sem princípio nem fim. Está além dos conceitos. É desprovido de nome, forma, méritos. Transcende tempo e espaço. Não é tocado pela tristeza, alegria, doença, saúde, fome, sede. É livre de nascimento, crescimento, desgaste, morte. Mesmo sendo único, é a causa de muitos. É livre de dualidade, é infinito, imutável diferente do universo e da ilusão. É eterno, invariável, imaculado. Deve-se meditar sobre essa Verdade Suprema, sentindo o lado direito do peito e evitando totalmente os pensamentos, tanto bons quanto maus. Por esse método único é possível tomar consciência do Ser Divino. Realizando-o, o homem se livra da ignorância e de seus efeitos. É preciso identificar-se com ele, porque ele é a própria essência do homem.





O Caminho da não Dualidade
Sri Maha Krishna Swami

11/10/2009

O CAMINHO DA VIDA - JERICOACOARA/CE







Estes poemas pairam
No meu círculo de luz
Como raios.

Eles afirmam
A auto-segurança do amor
E dissipam as desarmonias.

Estes poemas vêm
Do silêncio dourado.

Eles falam da Verdade:
Da Verdade sentida,
Da Verdade conscientizada,
Da Verdade repleta de felicidade.

Falam da devoção íntima
Cheia de compaixão e ternura.
Sou o tecelão do Som Sagrado.
Eu teço e colho a bem-aventurança
Da união consciente com o Divino Ser.

Preparei meu tear com firmeza,
Atando-lhe os fios da determinação.
O Sol e a Lua são minhas testemunhas.
Eu repito o Som Sagrado incessantemente,
E o fruto deste trabalho
Deposito no lótus do meu coração.

Sou o tecelão do Som Sagrado.
Submissão e discernimento são as duas bases
Que sustentam o meu tear.
Então teço com cuidado e dedicação
A manta da sabedoria.
Eu teço e colho a bem-aventurança
Da união consciente com o Divino Ser.

A lançadeira carreguei
Com o fio da meditação.
Enquanto me dedicava a esta tarefa
Retornei ao estado natural.
Sublime e imperecível
É a recompensa que ganhei,
Pois recebi a paz suprema.
Sou o tecelão do Som Sagrado,
Eu teço e colho a bem-aventurança
Da união consciente do Divino Ser.






O Círculo de Luz
Sri Maha Krishna Swami.

04/10/2009

MALES FÍSICOS


Que são males físicos? São ataques das forças hostis de fora?

Existem dois fatores a serem considerados no assunto. Há o que vem de fora e há o que vem de sua condição interior. Sua condição interior torna-se uma causa de doença quando existe uma resistência ou revolta nela ou quando alguma parte do ser não responde à proteção; ou mesmo pode haver qualquer coisa lá que, quase de boa vontade ou deliberadamente, chama as forças adversas. Basta haver um ligeiro movimento dessa espécie em você, as forças hostis cairão imediatamente sobre você e seu ataque tomará frequentemente de doença.

Mas as doenças não são, às vezes, o resultado da presença de micróbios e não são uma parte do movimento do Yoga?

Onde é que o Yoga começa e onde é que ele termina? Sua vida inteira não é Yoga?
As possibilidades de doenças estão sempre no seu corpo e à sua volta; você as carrega dentro de si ou os micróbios e germes de todas as doenças fervilham à sua volta. Como se explica que, de repente, você não resista a uma doença que você não tinha há anos? Você dirá que foi devido à "depressão da força vital" Mas de onde vem essa depressão? Vem de alguma desarmonia no ser, de uma falta de receptividade às forças divinas. Quando você se desliga da energia e da luz que o sustêm, então acontece esta depressão, cria-se o que a ciência chama de um "terreno favorável", e alguma coisa se aproveita disso. É a dúvida, a tristeza, a falta de confiança, um egoístico voltar-se sobre si que o desliga da luz e da energia divina e propicia ao ataque esta oportunidade. É isto que é a causa que faz você cair doente e não os micróbios.




Conversas com a Mãe
Sri Aurobindo Ashram.

21/09/2009

PALAVRAS DE SABEDORIA


Os homens deveriam ser como as águas que possuem a virtude de serem úteis a milhares de seres. Já observou como elas são benéficas? Adaptam-se, moldam-se, abrem seu próprio caminho, fluem naturalmente doando a vida, sem importar-se com os resultados e frutos. Sejam como a água. Deixe aflorarem as virtudes supremas. Nasça como as fontes, de dentro para fora, doe-se como elas, para beneficiar o mundo. Os eruditos nada sabem nem intuem sobre as virtudes porque são inconscientes desse processo natural de ser.




Sri Maha Krishna Swami.

12/09/2009

AMOR, A ENERGIA CÓSMICA.




Em suave vôo a abelha
Procura a flor
E dela retira o néctar
E produz o mel.

A flor, em doce fragrância,
Doa o néctar
E recebe o pólen
Que a fecunda
E gera novas sementes.

O mel é o alimento
Que nutre e gera
Novas colméias.

A semente germina
E faz crescer
Imensos jardins floridos.

Seja como a abelha,
Que naturalmente trabalha
E a todos ajuda.

Seja como a flor,
Que naturalmente doa
E a todos inspira,
Para que possa florir
Imenso jardim
E nele viver em infinitas colméias,
A glória de ser.



O Círculo de Luz
Sri Maha Krishna Swami.

05/09/2009

VAMOS PARA LONGE DO SOFRIMENTO E DA DOR




Essa energia estranha
Chamada mente
Colocou-se em posição de caça
E vaga pelo mundo
À procura de suas presas,
As quais são pegas
Por seus pontos fracos.

Um a um são dominados
O tolo e o esperto.
Ela não poupa ninguém.
A mente está à espreita
E conhece a porta aberta
Por onde pode entrar
E aprisionar sua vítimas.

Ela mata os destemidos,
Os falsos yogues,
Mesmo durante suas meditações,
Mata os que fogem para o campo
Imaginando estarem seguros lá.
Não se deve subjugar a mente,
Pois ela conhece a fraqueza
De cada uma de suas vítimas.

Ela mata os eruditos
Que se escondem atrás dos livros,
Ela mata os beatos
Enquanto cumprem seus rituais.
Ela mata o intelectual
Enquanto ele profere seus discursos,
Ela subjuga a todos.
E os mantêm sob seu comando.

Na casa dos desavisados
Ela empunha o cetro,
Mas na soleira dos verdadeiros devotos
Ela permanece inerte,
Impossibilitada de entrar,
Pois naquele que é consciente do Ser Supremo
Nenhum mal prevalecerá.




O Círculo de Luz
Sri Maha Krishna Swami.

29/08/2009

É CRIME OMITIR A VERDADE


Quer ser grande pelas boas ações? Pois seja! Renuncie aos frutos das mesmas. Seja grande por seus esforços no caminho da autoconscientização. Não seja como os hipócritas que governam as nações, que se acreditam grandes heróis, mas são mentirosos profanadores à procura de histórias apenas. São incapazes e conduzem a humanidade para a escuridão. Em verdade, estes não estão no Livro da Vida.


Ser é melhor que ter. Para a maioria das pessoas essa é uma simples frase, mas "Ser" implica estar consciente da Verdade Suprema. Não se pode, em nenhum momento, posicionar-se como não sendo a verdade e sentir-se longe dela. O sentimento de estar longe da Verdade é mera desculpa para não assumir a verdadeira identidade, a divina. Isso também tem origem na má orientação que os falsos líderes espirituais, das diferentes religiões e seitas, têm desde o começo dos tempos, pois eles agem como intermediários nos assuntos espirituais. Assim como há intermediários na distribuição dos alimentos materiais, sempre houve intermediários na distribuição do alimento espiritual.



O Consolador.
Sri Maha Krishna Swami.

22/08/2009

AS TRÊS BESTAS SEGUNDO O APOCALIPSE


A Terra é muito bondosa. É de se estranhar que o homem a trate de maneira tão rude, poluindo-a com armas atômicas, com sua tecnologia, que é a grande blasfêmia desta época. Os profetas dizem que das três bestas que se levantariam, escapariam três espíritos imundos, e deles, blasfêmias. Uma das bestas é as ciências. Sua blasfêmia é idealizar armas de extermínio de seres que têm o destino de melhorar a si próprios, de se conscientizar da Verdade Suprema.
Um grupo de cientistas se reúne, diz que o ser humano é substituível, e cria bombas que destroem tudo o que vive. Isso, por acaso, não é uma blasfêmia das ciências? Não é, por acaso, um dos espíritos imundos a que os profetas se referem? E os homens justificam tais atos, dizendo que isso é para a evolução, que é para o bem de todos. Uns dizem que é para se salvarem do comunismo, e outros dizem que é para se salvarem do capitalismo. Porém tudo isso está esclarecido nas profecias.

A segunda besta traz a pior das blasfêmias. Essa besta é as religiões. Elas transgridem os sagrados ensinamentos e os desafiam. Transgredir e desafiar os ensinamentos é blasfêmia. Nostradamus fala dessa besta, o segundo espírito imundo, que tenta confundir os seres, vendendo idéias de que o divino se localiza em um lugar do céu, quando sabemos que toda Verdade é o Ser Supremo, e somos esse Ser. E Nostradamus chama também essa segunda besta de "grande prostituta da Europa que beberá do cálice de sua prostituição e se envenenará". Isso pode ser facilmente confirmado nas profecias de Nostradamus e também no Apocalípse de João Evangelista.

A terceira besta é a política do mundo. Não especificamente deste ou daquele país. É a política dos políticos. É a besta que atrasa, confunde, explora e conduz o povo para a fome, a dor, a desigualdade. O veículo físico fica enfraquecido e ninguém pode entender nada. Todos ficam muito confusos. As bestas trabalham muito unidas. Multiplicam seu mal, porém aquele que sinceramente medita e devociona jamais se junta a elas.




O Consolador
Sri Maha Krishna Swami.

15/08/2009

LIBERTAÇÃO

A verdadeira libertação é a integração consciente com o Ser Universal. Ela não é conseguida quando se vive de maneira ascética, enclausurado num mosteiro, numa montanha, numa caverna, ou ainda se adaptando às exigências de uma sociedade decadente que estabeleceu toda sua vida em princípios falsos, que se roem a cada instante.

Agir desse modo pensando em ser livre é como tentar cuidar dos sintomas de uma doença sem tratar a sua causa.

O desapego das formas, do desejo e dos laços emocionais que nos aprisionam à vida ilusória é a verdadeira libertação. A libertação só pode ser conseguida por nós através de constantes esforços, pois temos que nos renunciar a todos os desejos inferiores e à falsa personalidade.

A causa de todo sofrimento é a mente pensante. É nela que residem todas as desarmonias. Temos que objetivar nossos esforços para eliminarmos a causa dos sofrimentos, sem nos preocuparmos com aspectos externos, pois o Maha-Yogue aprende a disciplina interior, da intuição pura.

Todos os problemas começam na mente porque ela é composta de pensamentos, e pensamentos trazem problemas. Não nos pensamentos inteligentes, pois não são realmente pensamentos e sim reflexos da Intuição Divina. É por isso que precisamos distinguir entre a Intuição Pura, Divina, criativa, dos estados incertos da mente pensante.

Todos os homens, sem exceção, almejam a Paz, a Felicidade. Eles procuram uma espécie de libertação que não sabem qual é. Pensam em riquezas e bens materiais procurando, assim, encontrar a Felicidade, mas assim agindo, só se desviam, seguindo caminhos opostos.

A riqueza traz o apego, a ambição, o envolvimento material. E quanto maior for esse envolvimento, maiores serão os obstáculos e sofrimentos porque o mundo material é cheio de sensações e falsidades.

O próprio relacionamento entre as pessoas é fundamentado em interesses criados e existe apenas enquanto esses interesses existirem. É interessante fazermos um apanhado geral de nossa vida e verificarmos nossas falhas e apegos.



Verdade Suprema.
Sri Maha Krishna Swami.

10/08/2009

A PROTEÇÃO ESPECIAL

Texto
A proteção especial

A qualidade do que nos acontece depende da profundidade em que estamos vivendo conscientemente cada instante. Por isso, quem colabora para a evolução e não se limita aos níveis densos da existência entra numa esfera de proteção especial, passa a estar sob a jurisdição de aspectos mais vastos das leis universais.

Quando essas leis são vistas apenas em seus aspectos naturais, tudo o que é levado em conta se confina aos limites da matéria e, assim, quem as segue permanece circunscrito a possibilidades estreitas.

À medida que a vida e a consciência do ser humano começam a expandir-se e a tomar rumos mais abrangentes, ele passa a estar regido por outros aspectos das leis: os que têm características de planos mais amplos. Ocorre então o que é chamado de “milagre”.

Milagre é a palavra com que costumamos denominar um acontecimento para nós extraordinário, mas que, no entanto, é normal e comum para a consciência supramental. Torna-se possível quando estão em vigor os aspectos mais imateriais das leis universais, em geral desconhecidos de quem se limita à vida humana e natural, condicionando-se demasiadamente.

Na proteção especial que passamos a ter quando nos pautamos por aspectos superiores das leis universais, a realidade dos acidentes apresenta-se bem diferente para nós. Do ponto de vista energético, os acidentes são o resultado de vibrações de desarmonia e desordem em algum nível da consciência. Nos lugares onde a harmonia e a ordem são cultivadas, eles são raros ou inexpressivos.

Os estados de pessimismo e de depressão, que resultam de o homem ter-se distanciado do centro da própria consciência, abrem a possibilidade de lhe acontecerem acidentes. O medo de sofrê-los também é caminho certo para passar por eles.

Quando, porém, a mente está direcionada para o lado positivo da vida, remota é a possibilidade de acontecerem acidentes no plano físico ou em outros.

É a falta de contato com a energia vital interna que permite instalarem-se desarmonias físicas ou psíquicas em uma pessoa. Muitas podem ser as razões que no mundo exterior levam alguém a desvitalizar-se, mas nenhuma delas atuaria sem esta causa primordial: a falta de conexão do eu consciente com o mundo interior. Ter presente que se está em uma esfera benigna impossibilita o estabelecimento do caos.

Quem está buscando evoluir necessita saber que, ao cuidar em demasia das coisas do plano físico, permanece no terreno dos aspectos inferiores das leis universais, os aspectos meramente naturais, e se torna mais receptivo à desarmonia. Assim, não deveria estar prevenindo-se contra acidentes de modo obsessivo.

Não querer usufruir demais a vida e suas coisas, mas sim doar-se sem restrição é o que se propõe nesta nova era da Terra. Essa é a forma de ingressar na aura de proteção especial.

Extraído do boletim Sinais de Figueira, de Trigueirinho

Irdin Editora

www.irdin.org.br

www.vigiliapermanente.org

09/08/2009

ENTREGA AO DEVER SUPREMO




O Mestre Budha trouxe o caminho da libertação da dor, indicando as quatro Nobres Verdades e as oito sendas que possibilitam ao homem conscientizar-se do divino. A través dessas técnicas é possível a libertação dos sofrimentos, pois elas conduzem ao dourado caminho do meio. O que provoca os sofrimento são os apegos ao ego profano, à ignorância espiritual, à mente pensante e ao processo psíquico que envolve o corpo, a mente e os sentidos. Tudo isso é extensão do ego profano. Quem sente fome é o corpo, quem sente fome de pensar é a mente, quem sente fome de sentir são os sentidos. Esses apegos provocam o sofrimento. O Sol nasce todos os dias, mas são os astros que giram ao seu redor para procurar a luz. O homem deve ser como o Sol, e não como os astros. Não podemos negar nossa índole.

Todas as situações da vida, os momentos considerados de infelicidade, os momentos de boa ou má saúde, todos devem ser entregues ao divino. Os homens sofrem porque não confiam suas vidas aos cuidados da força suprema. Eles não soltam a dor, apegam-se a problemas de todos os tipos, e por esse motivo o seu dia-a-dia torna-se-lhes sobrecarregado. Eles não confiam que a força suprema possa ajudá-los. Levantam cedo e dizem ter muitas coisas a resolver, mas eles não as entregam ao divino, e é exatamente por isso que são acompanhados de muitos problemas.



O Homem de Aquário.
Sri Maha Krishna Swami.

02/08/2009

SILENCIAR




É preciso silenciar o corpo físico, a mente pensante e os sentidos. Não se deve esperar o mundo de fora silenciar, porém calar primeiro o mundo interno. Não olhem para o passado ilusório, mas fixem-se somente no eterno presente. Caminhem sem se preocupar com os defeitos alheios. Lembrem-se de que é aniquilando os próprios defeitos que o homem se liberta das imperfeições. São as próprias fraquezas que arrastam os homens a julgarem os outros.

Como o lavrador que prepara a terra para semear, cumpram o seu dever e, com sublime devoção, plantem a Verdade Suprema e colham o sagrado fruto da conscientização divina. Jamais permitam que uma intriga sequer saia de suas bocas, pois tudo o que se diz, consciente ou inconscientemente, é medido e pensado. Não há como errar. A reta ação surge como a coisa mais natural a ser feita, sem discussões, sem conflitos, sem pensamentos.



Palavras de Sabedoria
Sri Maha Krishna Swami.

TRIGUEIRINHO

http://www.youtube.com/watch?v=vOztBPR-i-w&feature=related

26/07/2009

PURIFICAÇÃO DOS CORPOS SUTIS.


Mestre, gostaríamos que nos esclarecesse sobre a Sagrada Meditação e se ela equivale à prece.

Existe uma diferença entre prece e meditação.
Na prece nós dizemos: Deus, escute enquanto eu falo, e na meditação dizemos: [Deus, fale enquanto eu sinto]. Devemos nos perguntar quem tem as coisas mais valiosas a dizer, e aí discerniremos que a Sagrada Meditação é muito necessária a todos.

A meditação é um processo onde experimentamos a Consciência Pura. Pelos meios de meditação, energia espiritual mais elevada flui pelos corpos sutis. A mente e o corpo são feitos para vibrar harmoniosamente em níveis mais altos da consciência. A atitude mental é feita para que os corpos astrais sejam capazes de refletir sem distorção o Amor, a Sabedoria, o poder que vêm do plano de Consciência Pura. Desse modo, os corpos sutis são feitos para receber a energia espiritual vibratória e agir como transformadores e receptores de energia da Consciência.

É só pela meditação que estados da Suprema Consciência Cósmica poderão ser experimentados diretamente. A meditação é um processo natural e universal que acontece em todas as atividades da vida.

É bom ter um lugar apropriado para meditação, onde se deverá constituir uma atmosfera adequada, totalmente impregnada por vibrações sutis e que seja o templo da divina contemplação e meditação.

Na prática da meditação, indicada e guiada pelo Mestre, as forças sutis se interpenetram nos corpos etéricos em vibrações de níveis espiritual e energético muito altos. Essa luz espiritual possui energia muito forte e é capaz de dissolver ou quebrar qualquer tendência desarmoniosa que se sente no corpo ou na mente. Qualquer forma de pensamento que exista no corpo etérico, mental e astral que estejam em desarmonia é aniquilada pelas sagradas forças vivificadas pela meditação. A energia contida nos estados de desarmonia é eliminada pelo processo da meditação correta.

Por esse processo, a natureza da personalidade é aperfeiçoada e utilizada como um instrumento da Consciência Espiritual e age livre do ego profano.

Todo principiante até os que meditam há algum tempo terão dificuldades e experiências durante a prática da meditação causadas por pensamentos, emoções e percepções sensoriais que distraem atenção e interrompem a sagrada prática que conduz à autolibertação espiritual.

As vezes que por mais que tentamos lutar contra as distrações, por mais que tentamos superá-las, mas elas nos atormentam. O mero processo de lutar contra elas torna-se uma distração, não conduzindo a nada. Torna-se óbvio que esse não é o caminho certo de se lidar com as distrações.

Para superar as distrações, devemos parar de pensar nelas e parar de pensar no pensar. Isso pode ser feito através de técnicas ensinadas pelo Mestre, de acordo com a evolução espiritual de cada pessoa.

A Sabedoria existe dentro de nós e é possível o acesso a ela através da intuição pura despertada pela sagrada meditação. É a Sabedoria total da Verdade Universal.




Verdade Suprema
Sri Maha Krishna Swami.

16/07/2009

O AMOR SUPREMO




O amor suprema é eternamente presente.
Manifesta-se constantemente em todo lugar. Ele não é exclusivo dos seres humanos. Observemos as flores, as árvores, as grandes montanhas. Quando o Sol nasce, tudo se torna radiante. Entre em grande união com a natureza universal e sentirá essa força envolvendo tudo através dos Maha Devas. Verá a essência suprema entrando na Terra, debaixo das raízes das árvores, ascendendo, vivificando e caminhando através das fibras até os mais altos galhos, impregnando de amor intenso a matéria sublimada. E o amor habitará em você. Sim, você repousará na Verdade. E terá o olhar simples de um bezerro recém-nascido, o olhar do Ser Universal.
Nos animais é muito simples notar a presença do amor suprema, porém na maioria dos homens isso não acontece tão facilmente, devido ao egoísmo e à inconsciência que possuem do divino. A inconsciência espiritual é tanta na Terra, que os homens não têm a mínima intuição do que possa ser o amor supremo. O que os homens compreendem por amor é algo que não tem sentido em si mesmo. Eles cultuam o amor com interesse, o amor emocional, e chegam ao ridículo de chamar a depravação sexual de amor. Quando se está apegado às emoções sentimentais e às sensações dos sentidos grotescos, é impossível sentir a presença do amor divino.


Vêm gerações, vão-se gerações,
A Terra gira em volta do Sol,
E o Sol aparece e desaparece;
O Sol se levanta, o Sol se põe
Mas a maioria dos homens continua
Com seus sorrisos falsos
Que não inspiram confiança,
Não trazem harmonia,
Nem expressam amor.
Que época é esta,
Trevosa e fria?
Só vejo gente apressada,
De rostos vazios.
Será que se esqueceram
Dos horizontes imensos,
Dos sorrisos sinceros,
Das palavras amorosas?


O amor é mais forte que o ódio. O ódio pode ser vencido pelo amor, porque este é supremo, enquanto que o ódio provém do ego profano, é temporário e perece junto com quem se junta a ele. Jamais alguém se deve opor ao ódio, porque tornará mais forte a chama já acesa e, acrescentando mais ódio, aumentará a intensidade da chama. É preciso sempre usar a virtude da suavidade e da neutralidade.




O Homem de Aquário
Sri Maha Krishna Swami.

09/07/2009

O CAMINHO DIRETO

Não é necessário ir longe
Para sentir o Ser Supremo.
Quanto mais longe vamos,
Menos avançamos.
Sem caminhar pode-se alcançar o objetivo;
Sem ver, tudo pode ser observado;
Sem agir, o divino pode ser conscientizado.

O sábio não utiliza a sua sabedoria
Para impressionar a humanidade.
Mas, antes, emprega-a para que os homens
Permaneçam na simplicidade.
Ajuda, assim, a diminuir o falso conhecimento
Transmitidos pelas falsas religiões.
Desta maneira devolve a prosperidade ao povo.

Quem compreender estes princípios
Deve seguir o caminho direto.
Ter consciência do caminho
É possuir a mais sublime virtude.
A sublime virtude é
A união consciente do Ser Absoluto.

A sabedoria do eterno
É melhor que a inconsciência,
Do mesmo modo que a Luz
É melhor que as trevas.
O sábio anda
No dourado caminho do meio,
Enquanto que o néscio
Caminha nas trevas.

O que deseja demasiado, muito consome,
O que mais guarda, tudo perde,
Inclusive seu coração.
Aquele que é feliz com o que não possui,
Não padece desgraças,
E o que sabe conter-se evita o perigo
Para si próprio e para os outros.
Desta maneira reconquista
O estado natural de ser.


O Homem de Aquário
Sri Maha Krishna Swami.

04/07/2009

Meditação Amorosa - Thich Nhat Hanh

Que eu seja pacífico, feliz e tranquilo de corpo e mente.
Que eu esteja a salvo e livre de ferimentos.
Livre da raiva, das aflições, dos medos e das ansiedades.

Que eu aprenda a me olhar com olhos de compreensão e amor.
Que eu reconheça e toque minhas sementes de alegria e felicidade.
E aprenda a identificar e ver em mim a origem da raiva, da ambição e da ilusão.

Que eu saiba nutrir minhas sementes de alegria todos os dias.

27/06/2009

MEDITAÇÃO INICIÁTICA




O método indicado por Sri Ramana é a prática da meditação. Ela se constitui num treinamento para que sintamos profundamente e cada vez mais nossa verdadeira essência. Bhagavan Sri Ramana recomendava que meditássemos diariamente, sentindo o lado direito do peito, ao qual ele chamou o centro da caverna-coração, onde se reflete a eterna consciência do cosmo. O centro da caverna coração é o lugar de onde surge toda procura da Luz. A luz da consciência flui dele para o cérebro e depois para o corpo inteiro.

Concebendo idéia de meditação em todas as ocasiões do dia, ela continua se processando de maneira constante. Esse é o verdadeiro treino que levará automaticamente à conscientização do Divino Ser. A meditação não é apenas um exercício a ser praticado. Na meditação recebe-se uma carga de nova luz e bênção. Quando se sente o sabor dos frutos dessa prática espiritual, todas as deficiências desaparecem, vivendo-se, assim, no estado natural de ser. A meditação tem como objetivo eliminar a ignorância espiritual. E como a meditação é nosso estado natural de ser, todos nós temos a tendência de repudiar a ignorância. No entanto, por que o homem sofre? Porque ele confunde o Ser Supremo com o ego profano e com a mente pensante. O fato de você fazer perguntas sobre o Ser Supremo, sem perceber que você é o próprio Ser , prova que sua meditação ainda não está estabelecida e que suas faculdades sensoriais ainda predominam. Com a insistência nas práticas espirituais permanecerá apenas o fluir natural da eterna paz.



Livro: Ramana Meu Mestre.
Sri Maha Krishna Swami.

21/06/2009

AS VIRTUDES DIVINAS





As virtudes divinas são meios de se viver de acordo com as Supremas Leis Universais. Uma virtude atrai outras virtudes. Da mesma forma os apegos geram cada vez mais sofrimentos. Quem vive as reais virtudes divinas nunca deseja ser louvado; porém aquele que se apega às expressões do ego profano não suporta ser desprezado.

A mente pensante acalma-se diante da virtude da humildade, da paciência, da pureza de coração... Assim, é possível amar sem querer ser amado. Bem-aventurado é aquele que verdadeiramente ama e não deseja ser amado.

Quando o homem decide-se a viver de acordo com as virtudes divinas, ele suporta com alegria todas as aparentes tribulações que lhe apareçam. Ele vive em humildade todos os dias, sem envolver-se com nada e ama a todos os seres, sem exceção.

Aquele que segue o caminho da auto-realização espiritual liberta-se do jugo do ego profano e em suas ações se refletem as virtudes divinas que são o verdadeiro sentir espiritual. Nesse caminho vive-se a Lei Suprema, a lei do Ser Eterno, a plena autolibertação.

Enquanto o homem viver preso à limitação das formas e assediado pelos desejos, não poderá conduzir-se a tudo aquilo que é útil e verdadeiro, e assim nunca se conscientizará de sua real identidade, que é divina.

Sábio é aquele que executa suas tarefas sem apegar-se aos frutos de suas ações. Não é agressivo, não alimenta idéias de vitória ou derrota. Está sempre em paz, pronto para agir no momento exato, conforme a determinação das Divinas Leis Universais. Ele transmite ensinamentos sem usar palavras, pois essa é a forma mais efetiva de comunicação. Suas ações determinam perfeição. Ele produz sem apropriar-se de coisa alguma porque possui a virtude do desapego. Tem como base o Amor Universal, onde desaparece o sentido do observador e do fato observado, restando apenas um estado de participação.



Verdade Suprema
Sri Maha Krishna Swami.

17/06/2009

SER LIVRE

Ser livre não é viver na mata, na montanha, junto à natureza, pensando que pelo simples fato de buscarmos a libertação na natureza exterior nos virá a paz. A natureza é um reflexo da Criação. Somente quando nos sintonizarmos com o Criador é que conseguimos ver o Divino manifestado em cada partícula da Criação.




Palavras De Sabedoria.
Sri Maha Krishna Swami.

14/06/2009

A PAZ SUPREMA




A força da Justiça Suprema
Está chegando.
É hora da grande sintonização
Com o divino.
Unamos nossas forças
E formemos a Comunidade Perfeita,
A Comunidade dos seres
Que vivem em harmonia
E amor supremo,
Conscientes do Divino Ser.

Transcendendo tudo
O que conduz ao efêmero,
Sintamos que somos um
E que toda manifestação
É ilusória,
Apenas veículo
De conscientização.

Usamos a intuição pura,
Esqueçamos o tu, o eu e o ele.
Como divinos que somos,
Sintamos só a Força Suprema.

Esquecendo as vozes de ira,
Sigamos os sagrados ensinamentos
Dos Mestres da Grande União Universal.
Escutemos a intuição pura.
Intuição que,
Pelo seu poderoso agir,
Nos guiará em direção
À Verdade Suprema.

Que o mundo inteiro seja
O lugar da Comunidade Perfeita.
Onde não haja maiores
Nem menores,
Onde brilhem a compaixão
E a devoção supremas,
E onde, todos unidos,
Se purifiquem através dos mantras,
Formando um só som que transcenda
A inconsciência espiritual
E o ego profano.

A força da Justiça Divina
Está chegando.
É hora de submissão,
De meditação
E de agir.
A paz suprema deve ser
O objetivo da humanidade.

Cada ser deve compreender
Que a paz está nele,
E deve começar a depurar-se,
Arrancando de si
A inconsciência espiritual,
O egoísmo e a ambição
Que o afastam da Verdade Divina.

O homem deve formar um colar
Onde cada conta seja parte
Da Comunidade Perfeita,
Onde haja um só ideal,
Respeito e amor
Por todos os seres vivos,
Onde haja o esquecimento
De si mesmo
E onde haja a ação de doar.

O trabalho deve tornar-se
Uma ação natural,
Cada um doando de si
Virtudes e habilidades,
Brilhando em cada rosto
A Luz Suprema,
Expressando harmonia
E todas as virtudes divinas.

Só assim reinará
A paz suprema.



Livro: Maha Gita purusha do Bem-aventurado.
Sri Maha Krishna Swami.

11/06/2009

OLHOS DE JUSTIÇA

A noite lava este planeta
Como uma chuva forte,
Intensa de libertação.
É preciso esquecer
O quotidiano,
Aniquilar a mente pensante
E deixar
Que eu penetre.

Por que esse abandono
De noites molhadas,
De chuvas que choram,
De madrugadas
Que não despertam?

Se os vossos poros
Pudessem dilatar-se
Para um eterno...
Um pouco de infinito...
Voltai-vos o coração para mim.
Posso penetrar
Entre os braços das árvores,
Penetrar todos os silêncios,
Acalmar todos os segredos,
Apagar todos os mistérios.
E purificar
Esses sonhos
Que não são.

Posso tirar
Um pouco as coisas
Que nunca existiram...
Eis a minha
Infinidade de mãos...
E olhos de justiça,
Paz e amor universal.
Não posso sorrir o cansaço
De todos os que não viveram.




Maha Gita purusham do Bem-aventurado.
Sri.Maha Krishna Swami

07/06/2009

O Mundo

Se nós progredirmos, o mundo também progredirá. Ninguém lhe pediu para fechar os olhos ao mundo. Se você achar que é o corpo, o mundo lhe aparecerá como exterior. Mas quando você se identifica com o Ser, o mundo lhe aparece como Brahman. É errado imaginar que há o mundo, que nele há um corpo e que você é esse corpo. Se a verdade for conscientizada, o universo e o que fica além dele será descoberto como estando somente no Ser. O mundo de ver varia segundo o olho da pessoa. A visão vem do olho. Se você vir com os olhos densos, você encontrará outros seres densos. Se vir com olhos sutis, os outros parecerão sutis. Nada mais há para se ver diferente do Ser. Sem conscientizar-se do Ser Supremo, não há razão para compreender o mundo. Sem a autocompreensão, a compreensão do mundo torna-se sem significado. Mergulhe profundamente em você mesmo, no lado direito do peito, e veja o mundo através dos olhos do Ser Supremo.





Livro: Ramana Meu Mestre.
Sri Maha Krishna Swami.

01/06/2009

A mente opressora



A mente é, por natureza, inquieta, impermanente, transitória, enquanto que você é eterno. Torne-a submissa à vontade suprema. Isso é feito neutralizando-se em relação ao mundo externo e removendo os obstáculos à serenidade mental. A agitação da mente enfraquece a pessoa porque é um gasto de energia sob a forma de pensamentos. É preciso eliminá-los através da procura do Ser Supremo. Com a prática da meditação constante isso se torna possível.

Conscientizando-se do Ser, não haverá mais mente para se controlar. Se a prática da meditação for mantida firmemente, a mente acabará sendo neutralizada e destruída. Quando ela desaparece somente o Ser é percebido. É suficiente que você se conscientize do Ser.



Ramana Meu Mestre.
Sri Maha Krishna Swami.

25/05/2009

Meditação Iniciática

O Ashram, recebia diariamente um grande número de visitantes, todos interessados em conhecer o Sat Guru Bhagavan Sri Ramana. Porém, apenas conhecer o Mestre, ou ler seus ensinamentos, não traz a autoconscientização. É preciso vivenciar em si próprio os ensinamentos, e isso depende da dedicação de cada um.

O método indicado por Sri Ramana é a prática da meditação. Ele se constitui num treinamento para que sintamos profundamente e cada vez mais nossa verdadeira essência. Bhagavan Sri Ramana recomendava que meditássemos diariamente, sentindo o lado direito do peito, ao qual ele chamou o centro da caverna-coração, onde se reflete a eterna consciência do cosmo. O centro da caverna-coração é o lugar de onde surge toda a procura da Luz. A Luz da consciência flui dele para o cérebro e depois para o corpo inteiro.



Ramana Meu Mestre.
Sri Maha Krishna Swami.

17/05/2009

Felicidade: o estado natural de ser

Na presença de Bhagavan Sri Ramana todas as pessoas sentiam-se felizes, em paz e, invariavelmente desejavam que esse estado permanecesse indefinidamente. A presença do Mestre, seu olhar, seu sorriso, sua palavra, seu silêncio, irradiavam algo desconhecido pelas pessoas, a Upadesa Sharanam, a força do Ser Supremo. O contato com Sri Ramana, por mais rápido que fosse, deixava sua marca, incentivando na pessoa a busca da felicidade perfeita.

A felicidade foi sempre tema constante nos diálogos que Bhagavan Sri Ramana mantinha com os visitantes. Todas as variantes do que se chama felicidade foram comentadas por ele, esclarecidas, chegando-se à conclusão de que a verdadeira felicidade é a nossa própria essência, o nosso estado natural de ser.





Ramana Meu Mestre
Sri Maha Krishna Swami.

14/05/2009

FELICIDADE

A felicidade perfeita não haverá
de visitar-nos amanhã, a menos que
nossos corações repousem hoje nela.
Não há paz futura que não esteja
oculta no fugaz momento presente.
Às vezes, sente-se que a felicidade
está sendo escurecida pelo próprio
mundo. Mas a tristeza não é senão
uma nuvem escura. Atrás dela, ao
nosso alcance, está a felicidade
perfeita. Podemos vivê-la se soubermos
sentir e conhecer o Ser Supremo. E
para isso é necessário manter-se em
silêncio, meditar e devocionar.





Palavras de Sabedoria
Sri Maha Krishna Swami

07/05/2009

SIMPLICIDADE DOS ENSINAMENTOS

Vivamos felizes,
Sem odiar os que nos odeiam.
Habitemos entre os homens cheios de ódio
Sem odiá-los.
Vivamos felizes sem ser enfermos
No meio dos que são.
Habitemos entre os enfermos
Sem o ser.
Vivamos felizes, sem cansaço,
No meio de homens cansados
Do constante renascer.
Habitemos entre os homens
Ajudando-os, sem sofrer.
Vivamos felizes,
Nós que nada possuímos.
Seja a alegria o nosso alimento,
Como é a luz do sol
Para o universo inteiro.




O Homem de Aquário
Sri Maha Krishna Swami.

03/05/2009

A VINDA

Vem, suprema força
Conforme o desejo divino.
Vem solene com as mãos estendidas
Para nós e leva-nos em direção
À divina consciência.
Dirige para nós os teus grandes olhos de justiça.

Dirige para nós o teu fogo celeste.
Faz de nosso corpo físico, mente e espírito
Luz, só luz.

Apaga todas as diferenças
Que de longe carregamos.
A paga todos os caminhos misteriosos
Que surgem na nossa frente
E deixa só a luz e outra luz e mais outra,
No caminho a percorrer dentro de nós.





Planeta
Sri Maha Krishna Swami.

28/04/2009

LIBERTAÇÃO DOS CICLOS

O Ser Supremo
É todo penetrante.
Tudo emana dele.
Sua presença
Destrói o mal
E a injustiça
E restabelece
As virtudes espirituais.

Quem se torna consciente
De sua essência
Liberta-se dos ciclos
De nascimento
E mortes
E se livra do medo,
Ódio, ira e paixão.
Quem com firmeza medita,
É purificado pelo amor
E sabedoria.



Maha Gita purusham do Bem-Aventurado.
Sri Maha Krishna Swami.

25/04/2009

O SOM DIVINO

Quando devocionamos,não devemos fazê-lo mecanicamente, isto é, repetindo os mantras através da mente. Pelo contrário, a mente pensante deve ser eliminada pelo poder do mantra. É preciso que o som brote do lado direito do peito e ressoe no céu da boca, pois isso facilita-nos sentir e sorver a força à qual o mantra está ligado e usá-la para a autoconscientização.

Permaneça tranquilo
Sem olhar, sem escutar.
Fique sentado meditando,
Devocionando o som sagrado,
E ouvirá a poderosa força
Da voz do silêncio.

A intuição pura brotará
Como a água da nascente.
Você conhecerá a verdade de ser.
Seus movimentos serão invisíveis
Como a brisa do amanhecer.
E tudo amadurecerá à sua volta.



O homem de Aquário
Sri Maha Krishna Swami.

21/04/2009

O ETERNO

O eterno é real;
O mundo é meramente
Ilusão temporária.
A absoluta certeza
Dessa Verdade
Chama-se discernimento
Entre o eterno
E o não-eterno.

A libertação da mente,
Do corpo e dos sentidos
É a renúncia aos atrativos
Dos olhos, dos ouvidos
E de todos os outros sentidos.

A renúncia aos atrativos
De todas as coisas não-eternas
É praticada através
Da conscientização
Da Verdade Suprema.




Maha Gita purusham do Bem-aventurado.
Sri.Maha Krishna Swami.

16/04/2009

PÁLIDA E INÚTIL É A MENTE.

A Lua brilha pela luz
Refletida do sol.
Quando o Sol se põe
A Lua é útil
Para revelar objetos.
Quando o Sol nasce,
Ninguém precisa da Lua,
Mesmo que seu pálido disco
Esteja visível no céu.

Assim ocorre com a mente.
Ela é útil por causa
Da Luz do Ser refletida.
É usada para ver objetos.
Quando é voltada
Para o interior,
A fonte da iluminação
Resplandece por si só,
E a mente permanece
Pálida e inútil,
Como a Lua durante o dia.


Maha Gita purusham do Bem-Aventurado.
Sri Maha Krishna Swami.

14/04/2009

MOMENTOS APOCALÍPTICOS.

Ai daqueles
Que matam os rios
E que semeiam a desarmonia
No céu e na terra,
Onde os peixes se deterioram
E os pássaros explodem
Em sangue e pólvora.

Ai daqueles
Que desfiguram a paisagem,
Que destroem tudo o que vive,
Que vomitam fumaça negra,
Que arrebatam aos seres da Terra
O direito do ar puro,
À água pura, cristalina,
E o direito ao silêncio.

São semeadores de desertos,
Inconscientes perigosos,
Destruidores de ninhos,
Torturadores de plantas.

Todo mal cairá sobre aqueles
Que transformam a comunidade
Calma e tranquila
Num lugar de desordem e angústia.

Todo mal cairá sobre aqueles
Que poluem o ar,
Que poluem a água,
Que poluem os veículos
De conscientização,
Que destroem o corpo,
O fluir natural da pureza,
O bem de todos,
A paz comum
E o aconchego da comunidade,
A ternura dos campos,
A limpidez das cochoeiras
E o brilho das estrelas.




O Homem de Aquário
Sri Maha Krishna Swami.

10/04/2009

O CAMINHO DOS MESTRES

Na hora da vingança, ame.
Na hora da tristeza, sorria.
Na hora de gritar, faça silêncio.
Na hora da morte, viva;
E na hora de viver, nasça para vida eterna.
Na hora do medo, seja corajoso.
Na hora da incerteza, use a auto-segurança.
Na hora dos apegos, doe;
E na hora de doar, desapegue-se.
Na hora de lutar não se imponha, resista.
Na hora de dispersar, ajunte.
Na hora de maldizer, abençoe.
Na hora das trevas, procure a Luz.
Na hora do mal, faça todo o bem que poder.
Na hora de omitir, revele.
Na hora da desarmonia, harmonize-se.
Na hora da guerra, pacifique-se.
Na hora da riqueza, seja pobre;
E na hora da pobreza, seja rico.
Na hora da vaidade, seja apenas simples.
Na hora da inconsciência, medite;
E na hora de meditar, conscientize-se.
Na hora de destruir, construa.
Na hora da união dos corpos,
Use a sublime virtude da ternura
E a força compensadora.





O Círculo de Luz.
Sri Maha Krishna Swami.

07/04/2009

PALAVRAS DE SABEDORIA

Os homens deveriam ser como as águas que possuem a virtude de serem úteis a milhares de seres. Já observou como elas são benéficas? Adaptam-se, moldam-se, abrem seu próprio caminho, fluem naturalmente doando a vida, sem importar-se com os resultados e frutos. Seja como a água. Deixe aflorarem as virtudes supremas. Nasça como as fontes, de dentro para fora, doe-se como elas, para beneficiar o mundo. Os eruditos nada sabem nem intuem sobre as virtudes porque são inconscientes desse processo natural de ser.




Sri Maha Krishna Swami

04/04/2009

OM SHANKARA-SHIVA ( O CAMINHO DA NÃO-DUALIDADE )

O Ser Supremo manifesta-se claramente nos estados de vigília, sonho e sono profundo. Faz sentir-se como existência, conhecimento e bem-aventurança. O homem deve conhecê-lo, pois ele é a sua real essência e se reflete no lado direito do peito. Assim, com a prática de meditação, transcendendo a mente, o corpo e os sentidos, é possível tomar consciência dessa Verdade Suprema. Realizando-a conscientemente, o homem se autoliberta. A causa da libertação é a realização da identidade com o Ser Divino. Essa é a única realidade, porque nada mais existe além do Divino Ser Universal.

Quanto mais o homem se identifica com o Ser Supremo, mais poder adquire sobre os desejos, e assim terminam as ilusões. É preciso livrar-se das ilusões para poder fortificar cada vez mais a consciência de unidade com o Ser Todo-Penetrante.

O ignorante identifica-se com o corpo, mas aquele que medita conhece o Divino Ser, independente de seu corpo. Identificando-se com o Ser, o homem alcança a paz.

Discernimento entre o real e o irreal e determinando a verdade pelo conhecimento supremo, o sábio se liberta dos obstáculos que aparentemente impedem a auto-realização.

Para aquele que procura a liberdade, não há outro caminho senão o conhecimento da verdadeira natureza do Ser Supremo.

O homem imagina viver assediado pela morte porque ele não conhece a sua verdadeira identidade, que é a divina. Assim sendo, deve o homem prudente esforçar-se para se libertar da escravidão desse mundo.

Quando o homem deixa de seguir os caminhos do mundo, de satisfazer as vontades do corpo e de seguir o caminho da tradição, a sabedoria suprema nasce nele.





Livro: Verdade Suprema
Sri Maha Krishna Swami.

03/04/2009

PALAVRAS DE SABEDORIA

Só o amor confere a paz, a felicidade e a eternidade. Mesmo que alguém fale palavras bonitas, se não tem amor é como um tambor que ressoa, ou um prato que faz ruído. Ainda que prediga o amanhã, conheça todos os segredos, tenha toda a sabedoria e ainda que sua auto-segurança seja tão forte como a tempestade que revolve a terra, se não tem amor, não é nada. E ainda que doe todos os seus bens para alimentar os pobres, se não tem amor não se beneficia de forma alguma.


Bom é o controle do corpo; bom é o controle da mente; bom é o controle de todos os sentidos; bom é o controle da palavra. O homem controlado em tudo está livre dos sofrimentos. Aquele que é tranquilo, que não se aflige pelo que não tem, que acalma sua mente, seus sentidos e suas emoções vive de maneira virtuosa.




Sri Maha Krishna Swami

29/03/2009

VIGIE

Vigie sempre e não levante falso testemunho. Cuidado com o que se fala, pois isso poderá voltar-se contra você mesmo. Siga o ensinamento de Jesus: "Orai por aquele que vos persegue. Se alguém vos critica, orai por ele". Se não orar pelo seu inimigo , certamente ele não se corrigirá e você poderá ficar com o mal dele. Uma pessoa deve ajudar a outra. É muito mais sábio ajudá-la quando ela está com problemas que criticá-la.





Palavras de Sabedoria.
Sri Maha Krishna Swami.



21/03/2009

O AMOR

O Amor é mais forte do que o ódio. O ódio pode sempre ser vencido pelo Amor, simplesmente porque o Amor é Supremo, Eterno e Presente. O ódio é temporário e perece junto com quem se aliar a ele. Jamais um homem deve opor-se ao ódio com ódio, porque só tornará mais intensa a chama já acesa e, acrescentando mais ódio, só aumentará a intensidade da chama. Nada se lucra com isso. Ao contrário, tudo se perde. Mas quando se dá Amor pelo ódio, neutraliza-se o sentimento negativo. Deve-se opor sempre à petulância, usando a suavidade e a neutralidade. Uma suave mão pode acalmar o animal mais feroz.





Sri. Maha Krishna Swami.
Palavras de Sabedoria.

17/03/2009

A VERDADE ABSOLUTA

O corpo, os sentidos, a mente pensante, a personalidade, todos os objetos de prazer e dor são atributos do ego. Aquele que se identifica com o corpo, pensando que o efêmero é real, fica preso pelo poder dos sentidos, porque é na falta de discernimento que se origina a ilusão.


No esforço para atingir consciência do Ser Real, o homem deve rejeitar a ilusão do corpo, que é apenas um instrumento de evolução. É preciso abandonar, portanto, a atribuição do ego a essa forma de carne, porque o ego é apenas um pensamento. É necessário despojar-se da auto-identificação com a raça, clã, nome, forma e posição social que estão ligados à decadente investidura física.

O corpo é formado de alimentos, existe pelo alimento, vive pelo alimento, perece sem o alimento, é composto por água, sangue, osso e pele. É estranho que, alguém, mesmo sabendo que seu corpo lhe pertence, pois é apenas um veículo de evolução, age como se fosse escravo dele. O Ser é a Consciência Suprema, o corpo é limitação. O Ser é o Iluminador Supremo, o corpo é opaco e denso. O Ser é eterno, o corpo é transitório, porque em sua essência é inexistente.

Quem se ocupa somente em alimentar o corpo, esquecido de que este é apenas um instrumento de evolução, não se esforça para libertar-se da ignorância. A fascinação pelo corpo e seus poderes constitui o maior perigo para quem procura a libertação. Somente aquele que é livre dessa fascinação será digno de percorrer o caminho da libertação.

O ignorante pensa no corpo: "isto sou eu". Mas aquele que possui discernimento sabe que o Ser Supremo é de outra natureza, transcendental em essência, e afirma: "Eu sou o Eterno".




Sri Maha Krishna Swami.
O Caminho da Não Doalidade.

08/03/2009

EMANCIPAÇÃO

Se a pessoa busca a felicidade mediante a satisfação das exigências dos sentidos, aprenderá que a felicidade alcançada por esse meio é falsa, é uma ilusão associada ao sofrimento. O homem é infeliz pelos seus próprios erros. Ele acredita que existam circunstâncias ou condições responsáveis por sua escuridão. É a mente que engendra essa mentira. Porém, com a prática da meditação iniciática, ele poderá eliminar toda escuridão provocada pela inconsciência de que ele é a própria felicidade perfeita. As imaginações, as visões e outros produtos da atividade mental não existem no caminho espiritual. A Realidade Suprema exclui todas as ilusões.

Estando a pessoa apegada ao ego profano, à mente pensante, não consegue sentir as virtudes divinas, pois todos os seus atos estão direcionados na obtenção de confortos materiais. Como essa pessoa vive as expressões do ego e da mente, irrita-se facilmente e assim distancia-se cada vez mais do estado natural do Ser Supremo.

Aniquilar a mente pensante é muito importante, pois a verdadeira espiritualidade começa quando se transcende o ilusório. Aquele que se torna consciente do Ser Supremo vive em perfeita paz e harmonia. Vê o bem que há em todas as coisas, mantém-se em perfeita vigilância e age sempre de acordo com a intuição pura, pois aniquilou em si mesmo a ação da mente pensante, que é a responsável por todo tipo de desarmonia no homem.

As virtudes divinas, tais como a autoconfiança, a generosidade, o amor universal, a compaixão, a verdade, a sinceridade, a integridade, a pureza são virtudes básicas para se permanecer no caminho. Livrar-se o mais rápido possível das tendências do ego profano e da mente pensante, principalmente da luxúria, da avareza, do ódio, da ganância e da hipocrisia é indispensável para se libertar de todo sofrimento. Aquele que for capaz de distinguir o certo e o errado jamais se pronunciará através de palavras fúteis. É preciso estabelecer para si essa regra de conduta e jamais se desviar dela.

O sofrimento do homem é provocado pelas suas próprias ações. Tudo o que ele plantar, colherá. É necessário, portanto, que ele se liberte das forças contrárias ao seu estado de bem-aventurança, que são a tristeza a as misérias da vida mundana, para poder sentir a divina harmonia que está presente em todos os aspectos da manifestação. Se o adepto é sincero, íntegro, em seu propósito espiritual, não necessita viver assediado pelo medo ou pelas armadilhas e ciladas do ego profano.


Sri Maha Krishna Swami.
Livro: Emancipação.


04/03/2009

FELICIDADE: o estado natural de ser

Quando se realiza algo agradável ou quando há ausência de fatos desagradáveis dizemos que existe a felicidade. Tal felicidade é relativa, e é melhor chamá-la de prazer. Mas os homens querem uma felicidade permanente. Esta não está nos objetos, mas no absoluto. É um estado natural, onde o homem está livre da dor, do prazer e em paz.

A felicidade perfeita é o Ser. A paz perfeita é a do Ser. Somente esse estado existe, e devemos nos tornar conscientes dele. Quando o homem entender que a felicidade repousa no Ser, todos os desejos serão desfeitos. É o estado sem ego, é a libertação. O sofrimento e o prazer são o resultado do apego aquilo que é transitório. A dor e alegria se alternam. É preciso aprender a permanecer impertubável e aceitar o sofrimento e a dor com paciência, sem ser subjugado por nenhum dos dois. Aquele que se dedica a uma atividade deve fazê-lo sem se preocupar com os resultados e não se deixar dominar pela dor ou pelo prazer que surgem de tempos em tempos. Somente quem permanece indiferente à dor e ao prazer é verdadeiramente feliz.

A felicidade não é um estado a si atingir. O desejo de felicidade vem do sentimento de insatisfação. E isso pertence ao ego. Para se obter a felicidade, não é preciso conquistar algo novo, mas apenas livra-se da ignorância, que faz crer na infelicidade. A vítima dessa ignorância é o ego. Ao destruir-se o ente ego é que a felicidade perfeita aparece naturalmente.

Muitas pessoas procuram a felicidade em novas aventuras, descobrindo novas regiões, encontrando objetos raros e curiosos. Tudo isso lhes desperta grande paixão. Mas onde elas podem encontrar a felicidade? Nelas mesmas e em nenhum outro lugar. Não é preciso procurar a felicidade fora do Ser.


Sri Maha Krishna Swami.
Livro: Ramana Meu Mestre.

01/03/2009

A MENTE OPRESSORA

Os valores dos homens são justos e dignos em sua formulação. Existe até uma bela declaração universal dos direitos humanos. No entanto, não é preciso ser um bom observador para se notar que esses valores são apenas teóricos. Sua aplicação prática tem-se mostrado desastrosa. A injustiça social sempre esteve presente, pessoas menosprezam seus semelhantes e, modernamente, a natureza foi abalada em seu equilíbrio pela interferência desregrada da tecnologia. As ações humanas são dirigidas pela mente pensante, daí os homens se dizem "racionais", guiados pelo raciocínio. A mente tem sido objeto de culto pelos homens, que não perceberam ainda ser ela a causa de todos os seus males.

Ao se falar em mente, como a raiz de todos os males, está se fazendo referência a mente chamada pensante, que é um aglomerado de pensamentos e gera a idéia de ego, que é tão prejudicial quanto a própria mente. No entanto, existe a mente que pode ser chamada de positiva, que produz bons frutos. Nesse caso, nem podemos chamá-la de mente, pois é, antes, um reflexo da intuição pura, que age nos seres humanos, inspirando-os a agir de forma harmoniosa. Essa intuição é uma lembrança do Ser Divino que todos são, e ela se manifesta com maior ou menor intensidade nas pessoas.

De acordo com a manifestação da mente pensante, as pessoas são chamadas de boas ou más. Quando existe o domínio maior, ou total, da mente e do ego sobre a pessoa, suas ações são voltadas para a destruição, para o mau uso dos conhecimentos, visando principalmente ao benefício próprio. Porém, se predominar a intuição pura, se a pessoa expressar naturalmente sua verdadeira essência, ela se voltará para a construção de obras positivas, harmoniosas, visando ao bem comum, à manutenção da paz.


Sri Maha Krishna Swami.
Livro: Ramana Meu Mestre.

15/02/2009

É CRIME OMITIR A VERDADE

Ser é melhor que ter. Para a maioria das pessoas essa é uma simples frase, mas "Ser" não é uma palavra apenas. "Ser" implica estar consciente da Verdade Suprema. Não se pode, em nenhum momento, posicionar-se como não sendo a Verdade e sentir-se longe dela. O sentimento de estar longe da Verdade é mera desculpa para não assumir a verdadeira identidade, a divina. Isso também tem origem na má orientação que os falsos líderes espirituais, das diferentes religiões e seitas, têm dado desde o começo dos tempos, pois eles agem como intermediários nos assuntos espirituais. Assim como há intermediários na distribuição dos alimentos materiais, sempre houve intermediários na distribuição do alimento espiritual.


Quando há intermediários na distribuição dos alimentos materiais, fica difícil consegui-los pois se tornam mais caros, e o povo fica fraco fisicamente. E quando é tirado o alimento espiritual, é pior ainda. Na Terra fala-se de muitos crimes, de muita violência, mas o crime maior é desviar as pessoas dos verdadeiros ensinamentos, da Verdade Suprema, ou proibir-lhes o acesso a esse conhecimento. Aqueles que não praticam a Verdade escondem-na. Eles sabem que a Verdade existe, mas omitem-na, e ao omiti-la fazem mal ao povo. Impõem ao homem práticas que a nada conduzem, que não lhe possibilitam a conscientização do divino. Esse é o maior dos crimes, o maior mal sobre a face da Terra.


Sri Maha Krishna Swami.
Livro: O Consolador.

12/02/2009

A OPÇÃO É SUA

Aquele que se decide pelo caminho do autoconhecimento deverá discernir entre o caminho que é e o caminho que não é. O caminho real é simples, sem mistérios, direto.

"Inamovível é o Uno
Sem corpo, sem forma.
Este Uno, este Ser é a força
Que se reflete em tudo o que existe.
Dele vem o Sem Forma, o Indiviso.
Do ato do Sem Forma vem
A aparente manifestação
E nela Ele expressa
O testemunho de Ser.
Todo aquele que
Obedece à natureza de Ser
Retorna da aparente forma
Ao Ser Sem Forma.
Aquele que acha que nasceu,
Quando se conscientiza
Une-se ao começo
Que jamais começou.
A união é igualdade.
A igualdade é o Infinito Ser.
Observem os pássaros
Do jardim do ashram.
Eles abrem o bico
E cantam seu trinado.
Logo após
O bico torna
Novamente ao silêncio.
Assim a aparente vida
Na manifestação
Retorna ao Ser Sem Forma.
Isso é toda a Verdade."


Sri Maha Krishna Swami.
Livro: O Consolador.

10/02/2009

O CAMINHO DIRETO

O calmo é certo.
Comece certo
E você estará calmo...
Continue calmo
E você estará certo.
A maneira correta
De ir com calma
É esquecer-se
De maneira correta
De que você
Não é o corpo, a mente
Nem os sentidos.
Assim sendo, ou melhor,
Assim agindo,
Você será calmamente
O Ser.

Quer ser útil?
Basta que você renuncie o ódio
E vista para sempre o manto do amor,
Que ofereça ajuda a seus semelhantes
Sem esperar recompensas para si próprio.

Ore por seus inimigos e
Aproxime-se dos possessos.
Jamais deixe a sua esperança
Transformar-se em desespero,
Nem a sua alegria em tristeza.
Lembre-se sempre
De que você é o Ser Supremo.

Segundo por segundo
Medite e devocione o som sagrado,
Autopesquise-se,
Corrija suas falhas,
Vigie a si mesmo,
Pois o ego profanador
Está à sua esquerda, à espreita,
Esperando por suas faltas.

Permaneça firme
Nos seus propósitos espirituais.
Deve cumprir seu dharma.
Não cumpri-lo significa
Ir contra os princípios divinos.
Lembre que não se pode ser
Insincero consigo mesmo.
Todo ato insincero
Conduz à desarmonia.


Sri. Maha Krishna Swami.
Livro: O Homem de Aquário.

09/02/2009

O CAMINHO DIRETO

Não é necessário ir longe
Para sentir o Ser Supremo.
Quanto mais longe vamos,
Menos avançamos.
Sem caminhar pode-se alcançar o objetivo;
Sem ver, tudo pode ser observado;
Sem agir, o divino pode ser conscientizado.

O sábio não utiliza a sua sabedoria
Para impressionar a humanidade.
Mas, antes, emprega-a para que os homens
Permaneçam na simplicidade.
Ajuda, assim, a diminuir o falso conhecimento
Transmitido pelas falsas religiões.
Desta maneira devolve a prosperidade ao povo.

Quem compreender estes princípios
Deve seguir o caminho direto.
Ter consciência do caminho
É possuir a mais sublime virtude.
A sublime virtude é
A união consciente com o Ser Absoluto.

A sabedoria do eterno
É melhor que a inconsciência,
Do mesmo modo que a Luz
É melhor que as trevas.
O sábio anda
No dourado caminho do meio,
Enquanto que o néscio
Caminha nas trevas.

O que deseja demasiado, muito consome,
O que mais guarda, tudo perde
Inclusive seu coração.
Aquele que é feliz com o que não possui,
Não padece desgraças,
E o que sabe conter-se evita o perigo
Para si próprio e para outros.
Desta maneira reconquista
O estado natural de ser.


Sri Maha Krishna Swami.
O Homem de Aquário.

08/02/2009

SIMPLICIDADE DOS ENSINAMENTOS

Vivamos felizes,
Sem odiar os que nos odeiam.
Habitemos entre os homens cheios de ódio
Sem odiá-los.
Vivamos felizes sem ser enfermos
No meio dos que o são.
Habitemos entre os enfermos
Sem o ser.
Vivamos felizes, sem cansaço,
No meio de homens cansados
Do constante renascer.
Habitemos entre os homens
Ajudando-os, sem sofrer.
Vivamos felizes,
Nós que nada possuímos.
Seja a alegria do nosso alimento,
Como é a luz do Sol
Para o universo inteiro.


Sri Maha Krishna Swami.
O Homem de Aquário.

07/02/2009

RESSURGIMENTO

Doze estrelas nascerão
Da dança das idades
Que circula no meu sangue.
O mar nascerá sem praias.
A vida e a desmemória.

Eu ressurgirei com os pés firmes
Na estrada da criação.
Das flores que eu mesmo colhi
Trarei semimanhã,
Arco-íris e perfumes de folhas.

A esperança brotará de mim
Como eternamente brota,
E serei água que canta
As fontes adormecidas.
Em todas as ruas nascerão passos
Molhados na busca obrigatória
Do eterno amor.
Trarei estrelas para apagar
Os sonhos...e haverá a eterna luz.

Doze estrelas nascerão
Da dança das idades
Que circula no meu sangue.
E as estradas se dividirão
Em mil geografias...
O mundo pedirá paz.
As estorias acontecidas
Se perderão
Sem nome no tempo em que foi.
Agora o tempo será
O que realmente é:
Eterno e presente.

As madrugadas
Darão pétalas do país
Das flores, e as sombras, um torpor
De luz que amanhece,
Porque do sagrado cálice
Pende a nova órbita
Para a luz...


Sri Maha krishna Swami.
Planeta Especial.

05/02/2009

CHAMADO

A noite lava esse planeta
Como uma chuva forte,
Intensa de libertação.
É preciso esquecer
O cotidiano.
E aniquilar a mente pensante.
E deixar que eu penetre.
Por que esse abandono?
De noites molhadas?
De chuvas que choram?
De madrugadas que não despertam?
Se os vossos poros pudessem
Dilatar-se para
Um eterno...um pouco de infinito...
Voltai-vos o coração para mim...
Eu posso penetrar
Entre os braços das árvores...
Penetrar todos os silêncios...
Acalmar todos os segredos.
Apagar todos os mistérios.
E posso purificar
Esses sonhos
Que não são.
Eu posso tirar
Um pouco as coisas que
Nunca existiram...
Eis a minha infinidade
De mãos...
E olhos de justiça,
Paz e amor universal.
Não posso sorrir
O cansaço de todos os que
Não viveram.


Sri Maha Krishna Swami
Planeta Especial.

04/02/2009

FANTASIAS

As pessoas, em uma época de suas vidas, criam fantasias em suas mentes, seja por carência ou por um estímulo qualquer. Quem deseja viver seus apegos, mas não tem coragem de fazê-lo, cria para si grandes sofrimentos, pois os desejos não vividos podem transforma-se em fantasias. As fantasias caracterizam-se pela não possibilidade de realização e tendem a se tornarem cada vez mais fortes, formando os chamados "nós" da mente. Cria-se uma situação insolúvel que gera sofrimento e pode vir a bloquear completamente o livre expressar da pessoa. Existem fantasias que não são impossíveis de serem realizadas, mas a pessoa não as realiza porque tem problemas. Porém, só para ela aquilo é impossível e, assim, cria um mundo particular, paralelo, que pode vir a encobrir parcial ou totalmente o que seria sua vida normal, quotidiana. A fantasia pode ser um simples complexo, que poderá conduzir um homem comum a sofrimentos e até à autodestruição. Porém, alguém de influência, que está no poder político, se estiver tomado por fantasias, poderá fazer mal ao mundo todo. Se não se criassem as fantasias, não haveria problemas no mundo. Todo problema se estende porque se dá vazão à imaginação, à fantasia.
Uma fantasia puxa outra e assim se dá início a um ciclo de sofrimentos.


Sri Maha Krishna Swami
SER.




03/02/2009

REVELAÇÃO

Jesus, o Cristo, o ungido do Logo Solar, o Sublime Nazareno, ainda envolve a Terra com a sua aura, com o seu evangelho na mais pura essência. Tudo o que ele profetizou a respeito desta época está acontecendo. Nenhum Mestre gosta de que aquilo que ele profetizou aconteça realmente, mas o Mestre nada devi omitir. Sendo Jesus um Mestre da Verdade Suprema não pode omitir a própria Verdade. A época profetizada por ele está em pleno andamento. Já denotaram a bomba há muito tempo, as guerras se fazem presentes. Já se processa em grande escala a separação do joio do trigo. Já apareceram os falsos mestres, os profanadores, como Jesus profetizou.



Sri Maha krishna Swami
Livro: SER.

31/01/2009

O CRISTO DO AMOR DIVINO

A todo instante
Nasce Jesus no coração de cada ser,
No lado direito do peito.

Ele é a Luz,
A Consciência Absoluta que vem à tona.
Ele é a verdadeira vida,
A Força Suprema que se reflete
Em todos os seres do universo.

Ele é o Supremo Ser,
Que com sua força infinita
Vem iluminar o mundo
Nesta época de inconsciência espiritual,
Para que todos recobrem a consciência do divino,
Para que todos possam integrar-se
Na vida do Cristo de todos os tempos,
Na luz infinita da Verdade Suprema,
Na força absoluta do Ser,
Na força de todos os Mestres.

Ele é o Cristo dos oprimidos,
Dos que têm fome e sede de justiça,
Dos que sofrem perseguições,
Dos esgotados pelos ciclos de sofrimentos.
O Cristo dos mansos de coração,
O Cristo dos sábios e dos ignorantes,
O Cristo dos consciente e dos inconscientes.

Ele é o Cristo das esperanças,
O Cristo dos simples,
Dos justos,
Dos compassivos,
Dos limpos de coração.
O Cristo dos pacificadores,
O Cristo da justiça divina.

Ele é o Cristo da crianças,
Da felicidade perfeita,
Do amor divino,
Dos Maha Devas.
O Cristo que nasce na estrebaria,
O Cristo da humilde carpintaria,
O Cristo de José e Maria.

Ele é o Cristo das semeaduras e das colheitas,
O Cristo do Reino Supremo,
Do caminho direto,
Da intuição pura.
O Cristo da meditação iniciática,
Da devoção que enternece,
Do pão que nutre e sacia.

Ele é o Cristo dos que resplandecem como o Sol,
O Cristo dos apóstolos,
Das bem-aventuranças.
O Cristo dos pescadores,
Do mar profundo,
O Cristo das ovelhas
E dos pastores.

Ele é o Cristo de João Batista,
De São Francisco.
O Cristo vivo de Simão Pedro,
O Cristo da Comunidade Perfeita.
O Cristo Cósmico,
Dos Maha Yogues,
O Cristo da Luz, do Caminho, da Verdade Suprema.


Sri Maha Krishna Swami.
Livro: SER.

30/01/2009

O CAMINHO DOS MESTRES

Do Ser Supremo tudo provém.
Da mesma força emanou o universo cósmico
E os seres que nele habitam.
Como se pode então
Classificar bem e mal?

Não se iluda com a falsa imagem
Criada pelos olhos físicos.
A essência é a única,
Embora as formas sejam muitas.
Não cabe a nós julgar as formas,
Mas sim reconhecer nelas a essência.

Do Ser Supremo tudo provém.
O que quer que aconteça
Acontece por sua vontade.
Aquele que diz
"Bem-aventurado o que vem
Em nome do Ser Supremo"
Vive em comunhão com a harmonia
E conhece paz e prosperidade.


Sri Maha Krishna Swami
O círculo de Luz.

29/01/2009

AMOR, A ENERGIA CÓSMICA

Em suave vôo a abelha
Procura a flor
E dela retira o nécta
E produz o mel.

A flor, em doce fragrância,
Doa o nécta
E recebe o pólen
Que a fecunda
E gera novas sementes.

O mel é o alimento
Que nutre e gera
Novas colméias.

A semente germina
E faz crescer
Imensos jardins floridos.

Seja como a abelha,
Que naturalmente trabalha
E a todos ajuda.

Seja como a flor,
Que naturalmente doa
E a todos inspira,
Para que possa florir
Imenso jardim
E nele viver em infinitas colméias,
A glória de ser.



Sri Maha Krishna Swami
O Círculo de Luz

28/01/2009

ONDE BRILHA A LUZ

Só há um Ser Divino

Que nos manifestou a todos

E que habita

No lado direito do peito de cada um,

Dentro da caverna-coração,

Onde devemos senti-lo

E conscientiza-lo.



Odiar os outros

É odiar o Ser,

Isto é, a si mesmo.

Se uma nação despreza a outra,

Se uma religião está

Sedenta pelo sangue da outra,

Então nessa nação e nessa religião

O amor jamais esteve presente.



Os que amam o Ser Supremo

Doam seu amor constantemente

À criação.

Se odiamos as criaturas

Também odiamos o Ser.



Todos os seres manifestados,

Pequenos ou maiores,

São o Ser Divino.

Ele é o senhor de todos e de tudo.

A quem então poderia eu

Denunciar ou condenar,

Se não há mais

Do que Ele no universo?



O único e verdadeiro Ser

Nos manifestou a todos.

Logo, ele habita

Em cada um de nós.

Poderíamos chamar a esse Ser,

Com o qual somos Um,

De malvado, asqueroso,

Ou de qualquer outro adjetivo?



A Luz Divina foi a primeira

Que nasceu do vazio.

Dessa Luz o Ser Supremo manifestou

Todas as formas de vida.

Sim, a origem de tudo é a mesma.

Quem, então, é superior a quem?

O Ser é a verdadeira Luz

Que sustenta a todas as formas

E seres manifestados.



A Luz em seu esplendor

É a testemunha inegável

De que todos somos o Ser.

Devemos buscar esta Verdade

Em nós mesmos.

Buscá-la em outra parte

Resultaria num fracasso total.



O Ser Supremo não tem credo,

Nem religião, nem país.

Não tem casta nem cor.

Não possui forma ou espaço

E de sua vontade

Surge toda a criação.



Se o Sol não tem casta nem credo,

Como podem tê-los seus raios?

Se o oceano não tem casta nem credo,

Como podem tê-los suas ondas?

Se os Grandes Mestres não possuem credo,

Nem religião, nem país,

Por que eu adotaria tais divisões

Se sou Um com o Ser Supremo?



O Ser Supremo manifestou os homens

E não criou seitas nem credos.

O homem é o responsável

Por essa abominável idéia

De dividir-se em pequenos círculos

De castas, religiões e países,

E dessa maneira semeia a luta,

A discórdia e a separação.



Quando a morte tocar o ombro,

Ninguém terá interesse em perguntar

A que classe social pertence.

Nem o corpo poderá responder,

Pois ele será jogado ao fogo ou enterrado.

E junto com ele irão

Todas as castas e credos.



No Ser Supremo

Não há ninguém para conferir

A que ordem social

Ou religião se pertence.

Deve-se apenas meditar

E devocionar o Som Divino de Hari

Até conscientizar a Verdade Suprema.



Toda carne é a mesma,

Seja ela de um homem

Ou de um animal.

O sangue tem sempre a mesma cor,

Seja ele do homem ou do animal.



O Ser Supremo manifestou o universo

Repleto de diferentes formas.

Porém a essência é a mesma.

Como então se pode matar

Ou maltratar qualquer foma de vida?



Quando olhar as formas da manifestção,

Enxergue-as como seu semelhante,

Reconheça a força que lhe dá vida

E sim o pulsar da criação.



Sri Maha Krishna Swami
O Círculo de Luz.

27/01/2009

CHEGA DE DUALIDADE

Raras são as pessoas
Que não conhecem
O belo como belo,
E dessa forma,
Determinam o que é feio.

Por que não renunciam logo
Ao feio e ao belo?
Só assim poderão encontrar
A Essência Divina em tudo.

Todos, ou quase todos,
Reconhecem o bem
Como sendo o bem,
Dessa forma, então,
Aprendem o que é o mal.

Renunciem ao bem e ao mal
E ajam naturalmente.
Pois assim agindo
Não serão tocados
Nem por um, nem por outro.

E quanto
Ao longe e ao perto,
Ao alto e ao baixo,
Ao antes e ao depois,
Unem-se um ao outro
Transformando-se em força.

Sejam como a luz
Que jamais é contaminada.
Assim, do "ser ou não ser"
Permanece o SER.

Aquele que
Se conscientizou da verdade
Executa o dever supremo
Sem apegar-se
Aos frutos de seu agir.

E transmite
Os sagrados ensinamentos
De maneira simples
E sem mistérios
A todos os seres
Que se movimentam
No céu e na terra.
E jamais lhes nega ajuda.

Aquele que se tornou
A própria Verdade
Produz constantemente
Sem apropriar-se de nada.
Realiza a sua tarefa,
Não solicita gratidão
E suas obras e exemplos
Permanecem eternamente.

Conhecer a Verdade
É o real conhecimento.
Servir a todos com a Verdade
É a real ação.
E realizá-la com desapego
É a real devoção.


SMKS-75*21c
Maha Gita purushan do Bem-aventurado.

IMATÉRIA

Para conscientizar-se
Do divino
É necessário
Ter vontade
De ser vento,
Imatéria sublimada
Sobre o campo dourado
Da renúncia,
Improvisando,
Além das veias
E vísceras,
As asas de um
Maha Deva Solar.


SMKS-75*35c
Maha Gita-purushado Bem-aventurado.

26/01/2009

PAZ

A paz surgiu
Do Ser,
Suavemente,
Afastando sombras
E inconsciências.

Com sua luz
Abril
As mãos
E os corações.

E por ser a paz,
Fechou,
Num só punhado,
As trevas
Que os homens
Cultivaram.

A paz surgiu
Do Ser,
Suavemente.


SMKS-37*23a
Maha Gita-purushan do Bem-aventurado.

25/01/2009

ONDE TUDO COMEÇA

Bem-aventurado
É aquele
Que encontrou
O início
E o fim.

O fim
Que começa
Onde termina
O princípio.

O princípio
Que finda
No começo
Da Verdade.

A Verdade
Que termina
No Ser,
Onde tudo
Começa.


SMKS-37*17a
Maha Gita purusham do Bem-aventurado.

24/01/2009

PRÓXIMOS DA LUZ

A inconsciência
E ignorância espiritual
No planeta Terra
São assustadoras.
Homens
Que se acreditam fortes
Torturam
Os que se acreditam fracos.

Ante tais circunstâncias
O dever de cada um
É transceder
Todo este mal
Através
Da meditação iniciática
E da devoção
Ao Divino Ser.

Quem assim agir,
Conhecerá
A justiça divina.

Logo chegará o dia
Em que todos
Estarão unidos
Em suas atividades
E objetivos espirituais,
Bem organizados e corajosos.
Esse tão esperado dia
Não está distante.
O nascer da nova era
Já se faz sentir.
Estamos muito próximos
Da luz.

E os trigos,
As ovelhas e os bons
Poderão então praticar
Todo o bem que poderem,
De todos os modos
Que quiserem,
Em todo lugar
Que poderem,
Para todas as pessoas
Que quizerem
No máximo de tempo
Que puderem.


SMKS
Sri Maha Krishna Swami
Maha Gita.