28/03/2010

RAMANA MAHARISHI





Ramana Maharishi - Um Gigante-Menino nas flores do eterno - Parte 2

Ah, Ramana!**
Quantas coisas em seu olhar...
O despertar da consciência;
E aquela Paz, que não é desse mundo.
E eu vejo você, em espírito.
Pois os meus olhos não vêem além...

Então, vejo-o com o coração.
Enquanto um Grande Amor me chama...
E eu penso nas dores da humanidade.

Os meus olhos vêem o mundo...
Mas o meu coração vê o mundo em seu olhar.
Em seu silêncio, eu sinto um abraço sutil.
E sei do bem que você faz anonimamente.

Ah, Ramana, o mundo não vê você.
Mas você vê todo mundo e abençoa a todos.
E eu vejo isso em seu olhar, que é só silêncio.
Enquanto um Grande Amor permeia a tudo.
E eu fico aqui, tímido, igual criança.
Como uma pequena estrela olhando o infinito...

Admirado, também me lembro de Jesus.
Ele ensinava que os olhos são as candeias do corpo.
Pois, através deles, se reflete o que está dentro do Ser.
E o Rabi estava certo: eles são as janelas da alma.
Então, o que dizer do seu olhar?
Os seus olhos são candeias do amor iluminando os homens...

Ah, Ramana, eu vejo o seu olhar sereno...
E novamente penso em Jesus - e no mundo.
E o Amor me sussurra algo no coração.
E também me lembro de Krishna - e me admiro mais...
E a alegria me possui... De corpo e alma.
E, de alguma forma, o olhar deles está no seu olhar.

Ah, Ramana, o Amor não tem fronteiras ou credo.
Só sabe amar...
E os seus olhos são candeias, sim.
Cheios daquela paz que não é desse mundo.

Eu vejo o que um Grande Amor fez com você.
Porque o seu olhar atravessa os planos...
E abençoa aos homens e espíritos, em silêncio.
E eu fico aqui, mais tímido ainda, igual criança.
Como uma pequena estrela olhando o infinito...
Admirado, com os olhos brilhando igual diamante.

P.S.:
Ramana, os seus olhos são candeias do amor***.
E o seu brilho iluminou meu coração, mais uma vez.
E eu virei criança-estrela olhando para o infinito...

No Amor.
Na Fé.

Paz e Luz.

- Wagner Borges - olhando a vida como o Amor olha...
São Paulo, 28 de agosto de 2009.

Notas:
** Bhagavan Sri Râmana Mahârshi (30 de dezembro de 1878 - 14 de abril de 1950), mestre de Advaita Vedanta e homem santo do sul da Índia. Considerado um dos maiores sábios de todos os tempos, tornou-se conhecido no Ocidente especialmente através do livro "A Índia Secreta", do jornalista e escritor inglês Paul Brunton, que retratou os ensinamentos de Ramana, transmitidos, na maioria das vezes, em silêncio absoluto, aos seus discípulos.
Shri Ramana Maharshi foi o grande representante da sabedoria milenar da Índia no século XX. Isso não significa que ele foi um acadêmico que sabia de cor e salteado os textos sagrados da religião, mas sim que viveu e mesmo personificou, à perfeição, tal sabedoria. Na verdade, ele não escreveu nenhum livro. Ensinava o jnâna, 'via do conhecimento espiritual' mais puro. Ao mesmo tempo, ressaltava que as outras duas outras grandes vias espirituais, a do karma (das ações) e da bhakti (devoção) estavam contidas no jnâna.
Obs.: Carl Gustav Jung escreveu um extenso texto sobre Ramana Maharshi, que pode ser acessado no excelente site www.vedanta.pro.br, no seguinte endereço específico:
http://www.vedanta.pro.br/?p=514


Leia Também: Ramana Maharishi - Um Gigante-Menino nas flores do eterno

Wagner Borges é pesquisador,
conferencista e instrutor de cursos de Projeciologia
e autor dos livros Viagem Espiritual 1, 2 e 3 entre outros.
Visite seu Site e conheça a área de áudio e vídeo.
Email:

26/03/2010

O CONSCIENTIZADO


Aquele que medita
Torna-se consciente
De sua unidade
Com o divino
E pode ajudar
Na multiplicidade
Da manifestação.

Sem querer exibir-se
Ele resplandece
Como o Sol.
Pelo seu modo
Natural de agir
É considerado.
Ele nada espera
De ninguém
E por todos
É gratificado.

Não hostiliza
A nenhum ser vivo
E por ninguém
É hostilizado.








Maha Gita purusham do Bem-aventurado.
Sri Maha Krishna Swami

14/03/2010

ENCAMINHAR






Nunca digam
Aos seus semelhantes
Que são pecadores.
Pelo contrário,
Devem ensinar-lhes
Que são divinos
Em essência
E conduzi-los
À Verdade Universal.

No meio do sofrimento
E tristeza
Devem doar alegria
E esperança.
Lembre-se de que
A Força Suprema
Está presente em todo lugar.

Sempre que forem ensinar
O Sagrado Caminho da Verdade
Ou que forem chamados
Para ajudar alguém,
Sejam impessoais e digam:
Que seja feita
A vontade divina
E nunca
A do ego profano.







Maha Gita purusham do Bem-aventurado
Sri Maha Krishna Swami.