27/08/2010

AUTO-ENGANAR-SE



O Ser Supremo que somos
Não chega a ser sentido
Pela maioria
Dos homens na Terra
Porque eles se encontram
Subjugados e entorpecidos
Por bebidas delirantes,
Vícios imundos,
Posses materiais,
Afazeres pessoais,
Vaidades, egoísmos,
Doutrinas, sectarismos
E ideologias estranhas
À Verdade Suprema.

Embora tudo isso os torne
Inconscientes do divino,
Limitando-os
E fazendo-os sofrer,
Os homens lutam ferozmente
Em defesa do erro.
Isso é auto-enganar-se.





Fonte:Maha Gita purusham do Bem-aventurado.
Sri Maha Krishna Swami

22/08/2010

DOAR-SE





Aquele que doar sua vida
Ajudando a seus semelhantes
Encontrá-la-á
No sol da manhã
No canto dos pássaros,
Nas flores dos campos,
Nas estrelas do céu.

E poderá,
Com a ajuda dos Mestres
Da Grande União,
Ver o bem
Que há em tudo
E se abster
De tudo aquilo
Que conduz ao efêmero,
À vaidade, à impureza,
Ao apego ao poder terrestre
E aos prazeres
Do ego profano.

Estará ao lado
De todos aqueles
Que querem conscientizar-se
Do divino.
Dará orientações
Sinceras e impessoais
A todos os que
Procuram ajuda
E solicitará
Que a paz chegue
Aos que sofrem as dores
Das ações negativas.

Realizará a sublime
Missão espiritual
Em nome
Da Verdade Suprema
E de todos os Mestres
Que são um com ela.
Lembrar-se-á
De que é o Ser Supremo
E conscientizar-se-á dele,
Sentindo-o refletido
No lado direito do peito.









Fonte: Maha Gita purusham do Bem-aventurado
Sri Maha Krishna Swami.

14/08/2010

PALAVRAS DE SABEDORIA





Aquele que vigia o que sua boca diz guarda-se de toda maldade. Mas quem muito abre seus lábios sem controle tem pertubação. A boa conduta é uma das causas da felicidade, pois ela facilita a prática da caridade, da pureza moral e nos prepara para servir junto aos Mestres no grande dever para com nossos semelhantes. Aprenda com os pássaros: considere seus cantos como mensagens do Ser Divino e absorva a sua felicidade. A simplicidade é a nota-chave da devoção dos pássaros. Portanto, escolha coisas simples e seja simples.





Sri Maha Krishna Swami

07/08/2010

A COMUNIDADE DOS ESCOLHIDOS





As coisas são como elas devem ser e como sempre foram em todo Universo, e o que as humanidades do futuro farão é abrirem totalmente à harmonia macrocósmica que rege o Universo inteiro. Colocarão as Leis Universais em prática e assim, ao invés de haver ao mesmo tempo muitas pessoas pensando diferentemente em como dirigir o planeta, existirá uma Verdade Única agindo de maneira uniforme. Ela não será a melhor dentre várias outras, mas a única existente de acordo com as leis supremas, pois é um reflexo do funcionamento do sistema universal.

As raças e comunidades passarão por ciclos de evolução sem sofrimentos, aprendendo simplesmente através da intuição pura, total, absoluta e infinita, sem a necessidade de angústias, de tropeços ou de esforços descomunais para a aprendizagem espiritual.

Trabalharão cada vez mais em direção à Verdade Suprema. Agirão da maneira como o divino age. Uma humanidade conscientizada do divino tem como princípio a harmonia universal e é assim que funciona todo o sistema planetário, movendo-se sempre num ritmo harmonioso.

A essas humanidades futuras será desnecessário qualquer tipo de repressão ou sofrimento. Viverão em constante harmonia, em constante devoção e tudo o que fizerem será sem apego, sem ego, participando sempre da sublime manifestação como meio de conscientização espiritual

Os homens, quando atingirem determinada idade, continuarão com suas experiências no planeta Terra ou simplesmente poderão desencarnar e, de acordo com suas opções, escolherão um lar onde irão renascer e as pessoas com quem irão conviver, informando-lhes previamente suas qualidades e deficiências. Dessa forma, as pessoas do novo lar poderão determinar o tipo de orientação que darão àqueles seres para que eles, gradativamente, suprimam todos os defeitos, ressaltando suas qualidades e desenvolvendo positivamente seu potencial.

Na infância, eles já terão um alto grau de consciência e responsabilidade. Suas mentalidades serão superiores se comparadas com as dos homens do milênio atual. Desde crianças sairão do convívio familiar para formarem colônias e comunidades próprias. Viajarão pelo planeta todo, passando por várias experiências de aprendizado espiritual, de convivência, de relacionamento e de amadurecimento. Aprenderão a doação sem egoísmo e não terão laços doentios de posse. O fato de estarem em constante movimento fará com que sejam livres de qualquer apego, atingindo a maturidade espiritual em perfeito equilíbrio. Tal equilíbrio só poderá trazer bons frutos porque os colocará em condições cada vez melhores de sentir o divino.

Serão humanidades que transformarão todas as suas ações em ações espirituais. Não existirá mais distinção entre trabalho espiritual específico e não-espiritual, como acontece atualmente. Todo trabalho que a pessoa fizer no quotidiano de sua vida será também um trabalho espiritual porque estará ajudando outras pessoas a desenvolverem a consciência do divino.

Não existirá separação de ideais. O fato de uma pessoa achar que é materialista e que tem mais direito que o espiritualista não terá razão de ser. Não existirá espiritualista ou materialista. Existirá apenas a Verdade Suprema, a Verdade que transcende nomes e adjetivos. Ela é o que é e sempre foi.

Todos os homens conhecerão, sentirão realizarão e praticarão essa Verdade constantemente, sem necessidade de se justificarem ou preocuparem-se com ela. Será inata neles. O amor também será inato em cada um e não uma qualidade a ser alcançada. O amor é eterno e infinito e atinge níveis que estão fora da concepção material. Aquilo por que se luta tanto para conseguir, atualmente, que são o amor universal por todos os seres e o estado natural de meditação, onde a pessoa é sempre preenchida pela intuição divina e age harmoniosamente em todas as coisas que ela faz, serão qualidades naturais. Não só durante a meditação, ou quando entrar num lugar sagrado, mas constantemente o homem estará consciente do divino, pois praticará a espiritualidade em todos os aspectos.








Fonte: O Consolador
Sri Maha Krishna Swami