11/03/2011

VAMOS ANDAR PELO INFINITO AFORA




A meditação
Cresceu no silêncio.
Matou o ego
No vácuo do nada.
Matou a ideia
No abismo da mente.
Matou a mente
No vácuo da ideia.
Parei no vazio
Preenchido de nada.

A espiritualidade conduz à felicidade.
Através da meditação a dor é neutralizada.
Siga pelo caminho da autoconscientização
E torne-se Um com a eternidade.

Não procure os prazeres de um paraíso imaginário,
Não tema as adversidades
Porque o que estiver por acontecer
Assim como vem,
Igualmente vai.
Não se torture com sonhos vazios.

De que valem seus lamentos,
Suas penas e austeridades?
De que valem as promessas,
Peregrinações e os rituais vazios,
Se você não conhece
O caminho direto para a autoconscientização?

Procure em você mesmo,
No lado direito do peito,
Pela consciência do Ser-Sem-Forma,
Onde o amor universal desabrocha
Em roseiras sem espinhos.

Com o seu coração refugiado no Som Sagrado
Medite e devocione,
E obtenha a bem-aventurança
Do estado sem ego.






Fonte: O Círculo de Luz
Sri Maha Krishna Swami

04/03/2011

RAMANA MEU MESTRE





Bhagavan Sri Ramana Maharshi foi o Mestre que revelou de forma clara e definitiva a mais pura essência de ser. Seus ensinamentos, simples e incontestáveis, mostram a sabedoria milenar dos Mestres do Oriente. Porém, Ramana não pode ser rotulado como mais um dos Mestres do Oriente, limitado a um tempo e a um espaço: final do século XIX até a metade século XX, Índia. Seus ensinamentos estão além do tempo e das palavras.

Sri Ramana, desde de muito jovem, foi reconhecido como um grande Avatar por todos os sábios e pelas pessoas que o visitavam. Na Índia, pelas características do povo, há maior facilidade para se reconhecer um Mestre, um ser iluminado. No Ocidente, devido ao grande interesse por bens materiais, os Mestres eram vistos apenas como figuras singulares, interessantes para se conhecer numa viagem turística e pertencerem a um álbum de fotografias esquecido. Porém com Sri Ramana aconteceu um fato diverso: sua presença impressionava profundamente a quem dele se aproximava para ouvir seus ensinamentos, e todos sentiam nele uma força, ou uma paz, ou uma luz, enfim, algo maravilhoso que transcende as palavras. Seu olhar e seu sorriso mudaram para sempre a história dos homens.

Sri Ramana ensinou que não há mistérios para serem desvendados, não há enigmas para serem decifrados, não há graus para serem atingidos. Tudo é simples e natural. Somos o que somos. Simplesmente somos o Ser. As explicações complexas, os estudos misteriosos, as dificuldades quase intransponíveis para a autoconscientização podem ser definitivamente abandonados devido aos ensinamentos de Bhagavan Sri Ramana. O caminho do autoconhecimento trazido por ele não é novo, por ser a revelação daquilo que sempre fomos. Sua clareza e simplicidade são surpreendentes. Se tudo é tão simples e claro, como pôde haver tantos equívocos, durante tanto tempo, no conhecimento da Verdade?

Bhagavan Sri Ramana, o sábio dos sábios, vivia em constante união com o Ser Supremo. Quando ministrava seus ensinamentos, fazia-o afirmando com muita simplicidade. Não havia qualquer dúvida sobre o caminho direto da autoconscientização por ele ensinado. Não existia problema com relação à revelação da Verdade, pois quem fazia revelação a quem, num estado muito além da forma? Todo ensinamento do Mestre Ramana é uma manifestação divina. Lembro-me, uma vez. que um de nós perguntou se ele sabia tudo sobre a manifestação, e Bhagavan Sri Ramana respondeu sorrindo: "Eu não sei nada, apenas sinto".





Fonte: Ramana Meu Mestre
Sri Maha Krishna Swami