17/09/2011

ESTADO NATURAL DE SER


Permaneça no estado natural de ser,
A sua Verdade é inamovível.
Todas as coisas têm uma mesma origem.
Em todas, a essência divina resplandece
E, uma por uma, retorna,
No momento oportuno, à sua origem.
Retornar a seu princípio é conscientizar-se.
Conscientizar-se é reencontrar
O estado natural de ser.
O retorno ao estado natural é sentir,
De novo, a essência divina.
O retorno à essência divina
É unir-se à eternidade.
O que conhece o Eterno e a sua sabedoria
É bem-aventurado,
O que desconhece o saber do Eterno
Está na miséria.
Quem conhece a Verdade do Eterno
Tudo possui,
Quem é justo com os demais
É como o Sol.
Quem é como o Sol
É semelhante ao Ser Supremo
Que a todos ilumina com seu esplendor.
O Ser Supremo é o caminho direto.



Fonte: O Homem de Aquário
Sri Maha Krishna Swami

06/09/2011

RENÚNCIA

A verdadeira renúncia consiste na abstenção dos frutos de todas as ações. O atos devem ser praticados, mas sem apego aos seus resultados. Não é correto alguém abster-se de uma ação inerente a sua própria condição. Quem se abstém da ação para evitar  incômodos corporais nada ganha com essa renúncia. Quem não tem repugnância em fazer aquilo que não lhe traz proveito e não tem desejo do que lhe é vantajoso; quem é prudente e não nutre dúvida alguma, é um verdadeiro renunciado.

As obras do homem que aniquilou em si o apego e mantém-se firma na Sabedoria Sagrada são como inexistentes para ele. Muito devotos adoram o Princípio Divino através do Amor Universal; outros oferecem sacrifícios de abnegação, renunciando ao que é agradável ao ouvido, à vista e aos outros sentidos; outros dirigem preces e hinos ao Divino; outros renunciam à riqueza e fazem votos de penitência, ou dedicam-se à procura da Verdade, meditando silenciosamente. Outros praticam a respiração sagrada e, pondo em harmonia o hálito interior e o exterior, dominam a inspiração e a expiração pelo poder da vontade; outros praticam abstinência e jejuns e esforçam-se por sacrificar a vida material à vida espiritual. 

Todos oferecem sacrifícios, ainda que diferentes modos, e todos obtém méritos por suas observâncias. Há muitas virtudes na moderação e no domínio de si mesmos, e assim tornam-se conscientes da Essência Suprema que não é separada deles. Melhor, porém, do que o sacrifício de objetos e coisas, e entregar-se às práticas da meditação e devoção para se chegar ao conhecimento perfeito de si mesmo. Os sábios que possuem a sabedoria interior estão prontos para ajudar aqueles que procuram a Verdade Suprema.



Fonte: Verdade Suprema
Sri Maha Krishna Swami